Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 20º

Suspeito de matar jovem que se enganou na casa "não mostrou remorsos"

"Estavam a dar a volta com o carro, estavam a ir embora... por isso, não havia razão absolutamente nenhuma para que este homem saísse [de casa] até ao alpendre e disparasse sobre o veículo", afirmou o xerife Jeffrey Murphy.

Suspeito de matar jovem que se enganou na casa "não mostrou remorsos"
Notícias ao Minuto

12:29 - 19/04/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Kaylin Gillis

Kaylin Gillis, de 20 anos, foi morta a tiro por Kevin Monahan, de 65, quando, por engano, o carro em que seguia parou na entrada da casa do suspeito, numa zona rural de Nova Iorque, nos Estados Unidos. Sem ter havido qualquer interação entre ambos - ou com qualquer outra pessoa que seguia no veículo - Monahan disparou dois tiros, sendo que um deles acertou na viatura e tirou a vida a Kaylin

Jeffrey Murphy, o xerife local, indicou, em declarações à CNN, que o suspeito "não mostrou qualquer sinais de remorsos relacionados com este caso". 

"Eles [o grupo de amigos com quem Kaylin seguia] estavam a dar a volta com o carro, estavam a ir embora... por isso, não havia razão absolutamente nenhuma para que este homem saísse [de casa] até ao alpendre e disparasse sobre o veículo", acrescentou o responsável. 

Por outro lado, o advogado de defesa de Monahan, Kurt Mausert, disse ao mesmo canal que o seu cliente "não estava ciente" de que os seus disparos tinham atingido alguém - ou qual a razão pela qual, posteriormente, a polícia apareceu à sua porta. 

Já ao New York Times, Mausert assinalou que a chegada do veículo à entrada da habitação "certamente causou algum nível de alarme ao idoso". 

Como tudo aconteceu? 

No passado domingo, a jovem Kaylin e o seu grupo procuravam a casa de amigos e, por engano, estacionaram o carro na entrada de Monahan. Foi nesse momento que o homem veio até ao alpendre e disparou.

"É uma zona muito rural com estradas de terra. É fácil perdermo-nos. Eles estacionaram na entrada por um tempo muito breve, perceberam o erro e estavam de saída, quando o Sr. Monahan saiu e disparou dois tiros", disse o xerife Jeffrey Murphy numa das primeiras declarações sobre este caso.

Depois de terem sido recebidos a tiro, o grupo em que Gillis seguia ainda encaminhou o carro para a cidade de Salem, a poucos quilómetros. Ligaram para o 911 [o equivalente ao 112] e chamaram os paramédicos que, apesar de terem feito manobras de reanimação, não conseguiram evitar o trágico desfecho. 

Foi criada uma página de angariação de fundos para ajudar a pagar as despesas do funeral da jovem, assim como para ajudar a família a fazer face a outros gastos associados mais prementes. 

Leia Também: Estacionaram na casa errada e foram recebidos a tiro. Uma jovem morreu

Recomendados para si

;
Campo obrigatório