Meteorologia

  • 15 ABRIL 2024
Tempo
22º
MIN 13º MÁX 24º

Biden condena tiroteio em Nashville e pede "mais" para proteger escolas

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, condenou hoje o tiroteio que matou três menores e três adultos numa escola de Nashville, estado do Tennessee, nos EUA, e sublinhou que é preciso fazer "mais" para proteger as escolas.

Biden condena tiroteio em Nashville e pede "mais" para proteger escolas
Notícias ao Minuto

21:01 - 27/03/23 por Lusa

Mundo EUA

"Devemos fazer mais para acabar com a violência armada. Devemos fazer mais para proteger as nossas escolas para que não se tornem prisões. Estou pedindo ao Congresso novamente para aprovar a minha proibição de armas de fogo", disse no início de um evento em Washington sobre mulheres empreendedoras.

Joe Biden considerou que o que aconteceu, o "pior pesadelo das famílias", é "doente".

Três menores e três adultos morreram num tiroteio numa escola particular cristã em Nashville, no qual a suposta agressora, identificada como uma mulher de 28 anos, foi morta pela polícia.

A Casa Branca reagiu ao ocorrido pedindo aos legisladores maior ação contra as armas de fogo.

"Quantas crianças mais terão de ser mortas antes que os republicanos no Congresso aprovem a proibição de armas de fogo? (...) Devemos fazer mais. Biden quer que o Congresso aja. Já chega", disse a porta-voz presidencial dos Estados Unidos, Karine Jean-Pierre, em conferência de imprensa.

A escola onde ocorreu o ataque é um centro privado que atende alunos da pré-escola até aos cerca de 11 anos.

Nas escolas dos Estados Unidos foram registados, pelo menos, 30 incidentes envolvendo armas de fogo, que provocaram oito mortos e 23 feridos, segundo dados da organização Everytown for Gun Safety.

Leia Também: Novo tiroteio nos EUA? "Precisamos de proibir as armas semiautomáticas"

Recomendados para si

;
Campo obrigatório