Meteorologia

  • 19 JUNHO 2024
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 21º

Novo tiroteio nos EUA? "Precisamos de proibir as armas semiautomáticas"

A Casa Branca condenou o tiroteio que fez hoje vários mortos numa escola de Nashville, no estado do Tennessee, e reiterou os apelos para que o Congresso atue para endurecer a legislação sobre armas semiautomáticas.

Novo tiroteio nos EUA? "Precisamos de proibir as armas semiautomáticas"
Notícias ao Minuto

20:26 - 27/03/23 por Lusa

Mundo Karine Jean-Pierre

"Devemos fazer mais. (O Presidente, Joe Biden) quer que o Congresso aja. Já chega", disse a porta-voz da Presidência dos Estados Unidos, Karine Jean-Pierre, em conferência de imprensa.

Três crianças e três adultos morreram no tiroteio numa escola particular cristã em Nashville, onde também a suposta agressora foi morta pela polícia.

Jean-Pierre destacou que Biden foi acolhido sobre a situação, reza pelas famílias recebidas e agradeceu a resposta oferecida até agora pelas equipas de emergência.

"Embora ainda não saibamos todos os detalhes deste último tiroteio trágico, sabemos que muitas vezes as nossas escolas e comunidades são devastadas pela violência armada", acrescentou a porta-voz.

Jean-Pierre enfatizou que, embora Biden tenha sido o Presidente que mais fez para aumentar o controlo sobre as armas de fogo, "não é suficiente e é preciso fazer mais".

"Precisamos de proibir as armas semiautomáticas, tomar mais medidas para manter os nossos filhos seguros na escola, para que as nossas comunidades não sejam dilaceradas. (...) Isso não pode acontecer. Os educadores não podem colocar as suas vidas em risco quando saiem para trabalhar", acrescentou.

O tiroteio mortal ocorre num momento em que as comunidades em todo o país recuperam de uma onda de violência escolar, incluindo o massacre numa escola primária em Uvalde, no Texas, no ano passado; ou um tiroteio na semana passada em Denver, que feriu dois administradores.

Este é já o 128º tiroteio em massa nos Estados Unidos desde o início do ano, de acordo com dados do Gun Violence Archive, que define um tiroteio em massa quando pelo menos quatro pessoas são baleadas, capturadas pelo atirador.

Os Estados Unidos, onde circulam aproximadamente 400 milhões de armas de fogo, são frequentemente afetados por tiroteios mortais, inclusive em escolas.

Desde o início de 2023, foram registrados pelo menos 30 incidentes envolvendo armas de fogo em escolas nos Estados Unidos, que deixaram oito mortos e 23 feridos, segundo dados da organização Everytown for Gun Safety.

Leia Também: Pelo menos 6 mortos em tiroteio em escola cristã nos EUA. Atirador morreu

Recomendados para si

;
Campo obrigatório