Meteorologia

  • 18 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 16º MÁX 21º

China deseja "rápida recuperação" a Lula após adiamento de viagem

O ministério dos Negócios Estrangeiros chinês desejou hoje uma "rápida recuperação" ao Presidente brasileiro, Luiz Inácio Lula da Silva, que decidiu no sábado adiar por razões de saúde a sua viagem à China, onde deveria chegar hoje.

China deseja "rápida recuperação" a Lula após adiamento de viagem
Notícias ao Minuto

08:13 - 26/03/23 por Lusa

Mundo China

Num comunicado, o ministério dos Negócios Estrangeiros chinês manifestou "compreensão e respeito" pela decisão do Presidente, que está a recuperar de "broncopneumonia bacteriana e viral devido à gripe A".

As autoridades chinesas permanecerão em contacto com o Brasil relativamente à visita, afirmou o Ministério dos Negócios Estrangeiros.

O Governo brasileiro anunciou numa nota no sábado que "devido a recomendações médicas, o Presidente Lula decidiu adiar a sua viagem à China". O adiamento já foi comunicado às autoridades chinesas com a reiteração do desejo de agendar a visita para uma nova data".

O líder progressista de 77 anos já tinha anunciado na sexta-feira que iria adiar a sua viagem ao gigante asiático por um dia devido a "uma ligeira pneumonia".

Lula deveria viajar para a China, o maior parceiro comercial do Brasil desde 2009, com vários dos seus ministros, uma delegação recorde de 240 homens de negócios e cerca de 50 congressistas.

A visita estatal incluiu atividades em Pequim e Xangai, incluindo uma reunião com o seu homólogo chinês, Xi Jinping, e um fórum económico com entre 400 e 500 homens de negócios de ambos os países.

Na reunião com Xi, estavam previstos cerca de 20 acordos nas áreas do comércio, protocolos fitossanitários, tecnologia, desenvolvimento, transição energética e outras áreas de colaboração no quadro da parceria estratégica bilateral.

Leia Também: Lula da Silva adia viagem à China por recomendação médica

Recomendados para si

;
Campo obrigatório