Meteorologia

  • 24 MAIO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 25º

Brasil. Homem que sequestrou menina de 12 anos diz que se arrependeu

Eduardo da Silva alegou à polícia ter tentado entrar em contato com os pais para levar a adolescente de volta ao Rio de Janeiro.

Brasil. Homem que sequestrou menina de 12 anos diz que se arrependeu
Notícias ao Minuto

22:48 - 18/03/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Brasil

Eduardo da Silva Noronha, de 25 anos, ficou em liberdade esta quinta-feira, após audiência no estado do Maranhão, no Brasil.

O homem é protagonista de um caso que está a chocar o país. Raptou e manteve em cativeiro uma menina de 12 anos. A menina desapareceu no passado dia 6 de março, em Sepetiba, no estado brasileiro do Rio de Janeiro, e foi encontrada com vida na terça-feira, a cerca de 3,1 mil quilómetros de distância, em São Luís, no estado do Maranhão. 

À polícia, o homem disse ter-se arrependido de levar e manter em cativeiro por pouco mais de uma semana a menina de 12 anos.

O suspeito foi detido em flagrante. Usou um TVDE para fazer a viagem, que durou pelo menos dois dias e teve o custo de 4 mil reais [cerca de 715 euros].

Eduardo afirmou ainda que enviou uma mensagem de texto para os pais da vítima a dizer que a levaria de volta ao Rio de Janeiro, uma vez que se tinha "arrependido". A polícia aguarda perícias aos telemóveis para confirmar a versão. 

Segundo a delegada Pollyanne Souza da Costa, da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente de São Luiz (DPCA), em declarações ao Globo, o inquérito está longe de estar concluído. O homem deve responder por, pelo menos, três crimes: subtração de menores, violação de vulnerável e  sequestro.

O jornal brasileiro G1 avançou que a menina terá conhecido o homem nas redes sociais e que combinaram um encontro. Terá sido nesse encontro que o suspeito a levou para o Maranhão. 

Leia Também: Youtuber bolsonarista foi detido no Paraguai e entregue ao Brasil

Recomendados para si

;
Campo obrigatório