Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

França tem em Angola "um parceiro" no continente africano, diz presidente

O presidente angolano, João Lourenço, disse hoje que França tem em Angola "um parceiro neste continente africano" e que conta também com este país para a transição energética.

França tem em Angola "um parceiro" no continente africano, diz presidente
Notícias ao Minuto

13:35 - 03/03/23 por Lusa

Mundo João Lourenço

Numa curta declaração aos jornalistas após um encontro com o seu homólogo francês, Emmanuel Macron, no Palácio Presidencial em Luanda, o chefe de Estado angolano assinalou que a visita, apesar de breve, reveste-se de alto significado, já que foi aproveitada para relançar e estreitar os laços de amizade e cooperação entre os dois países.

Luanda foi a segunda etapa do périplo africano do Presidente francês, que segue agora para a República do Congo e termina o dia na Republica Democrática do Congo (RDCongo).

Em Luanda, foram assinados na presença dos dois chefes de Estado quatro instrumentos no domínio da cooperação e João Lourenço reiterou o interesse em cooperar nos domínios de agricultura, agua e pecuária, transformação de produtos do campo, pescas, turismo e energia.

"Contamos também com a França para a transição energética e fontes amigas do ambiente", sublinhou, assinalando que "Angola fez esta aposta há algum tempo" e conta com 'know-how' francês e investimento de empresas francesas neste domínio.

Os investimentos franceses em Angola totalizam 7,6 mil milhões de euros, tornando a França no segundo maior investidor estrangeiro no país africano, depois dos Estados Unidos da América, segundo dados oficiais.

O investimento está associado sobretudo ao setor petrolífero, já que a multinacional francesa Total, presente há vários anos no país é também um dos principais empregadores do setor privado.

João Lourenço destacou também as parcerias que França tem com Angola nos campos de educação e ensino superior e que pretendem dar continuidade, indicando o mais recente projeto da escola 42 "que é de inspiração francesa".

"Não pudemos visitar por que obra não esta concluída mas fica para uma próxima oportunidade", acrescentou o Presidente angolano.

Dirigindo-se ao seu homólogo, João Lourenço realçou que França "tem em Angola um parceiro neste continente africano" com quem coopera e vai cooperar em praticamente todos os domínios "incluindo paz e segurança", não apenas no continente, mas no resto do mundo.

Leia Também: França aumentará esforços para profissionais do setor agrícola angolano

Recomendados para si

;
Campo obrigatório