Meteorologia

  • 22 FEVEREIRO 2020
Tempo
17º
MIN 11º MÁX 22º

Edição

Retratos de uma infância roubada pela violação

Dor. Medo. Sofrimento. O abuso sexual de crianças é dos temas mais sensíveis na sociedade mas todo um tabu envolvente deste crime faz com que, em determinados países, seja ignorado e até mesmo tornado hábito. A fotojornalista sul-africana Mariella Furrer quis quebrar a barreira do silêncio e fotografou a história de vida de alguns dos milhares de crianças que viram a sua pureza roubada por alguém alheio. Tal como a ela aconteceu.

Setecentas páginas. Setecentas páginas de dor, medo e sofrimento. A fotojornalista Mariella Furrer quis levar para a fotografia a angústia de uma das piores “epidemias” mundiais: o abuso sexual de menores é retratado no seu mais recente livro, no qual levanta um pouco o véu áquilo que a própria viveu.

Furrer foi molestada quando tinha apenas cinco anos, mas só o confessa agora no livro: “Perde-se a infância, na verdade, a inocência é arrebatada e o pouco que resta da criança, outrora pura, é transformado num ser sexual”.

No seu livro, a fotojornalista conta histórias em imagens, consequências de atos não desejados e de infâncias perdidas e roubadas. Mas não só: os próprios pedófilos são retratados e alguns deles chegam mesmo a dar a cara, ou pelo arrependimento, ou até pelo orgulho.

My Piece of Sky’ tem como objetivo aumentar a consciencialização sobre os efeitos devastadores e duradouros da violência sexual na vida das vítimas.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório