Meteorologia

  • 01 FEVEREIRO 2023
Tempo
12º
MIN 5º MÁX 14º

Devolveram livro a biblioteca com 44 anos de atraso, mas evitaram multa

A multa que um homem teria de pagar a uma biblioteca no Texas por entregar um livro com 44 anos de atraso equivaleria a cerca de 1.500 euros.

Devolveram livro a biblioteca com 44 anos de atraso, mas evitaram multa
Notícias ao Minuto

21:24 - 25/01/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Livros

Corria o ano de 1979 quando um funcionário público na cidade de Abilene, no estado norte-americano do Texas, levantou o livro 'Chilton's Auto Repair Manual 1954-1963' da Biblioteca Pública de Abilene... para nunca mais o devolver... até agora.

Quarenta e quatro anos passados do mesmo ano em que Margaret Thatcher tomou posse como primeira-ministra no Reino Unido, no entanto, o livro regressou a casa, 16.060 dias depois. Significa isto que o homem teria acumulado uma multa de 1.606 dólares (cerca de 1.500 euros), da qual se salvou porque a biblioteca abandonou o seu sistema de multas no passado.

"Bem-vindo a casa! Antes de haver códigos de barras e 'tags' de digitalização e RFID, havia cartões com bolsos. Este pequeno 'nugget' voltou para a Biblioteca Pública de Abilene, após ser levantado pelo Departamento de Águas há 44 anos. É isso mesmo... este livro estava com 16.060 dias de atraso e teria uma multa de 1.606 dólares em taxas atrasadas. Ainda bem que deixamos de aplicar multas", ironizou a própria biblioteca pública no Facebook.

Leia Também: Condeixa-a-Nova apoia envio de livros para bibliotecas de Cabo Verde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório