Meteorologia

  • 05 FEVEREIRO 2023
Tempo
15º
MIN 8º MÁX 18º

Espanha trava rede de tráfico de anabolizantes. Importação de Portugal

Autoridades apreenderam mais de 150.000 doses de substâncias anabolizantes e medicamentos contra a disfunção erétil.

Espanha trava rede de tráfico de anabolizantes. Importação de Portugal
Notícias ao Minuto

15:55 - 25/01/23 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

O Corpo Nacional de Polícia de Espanha anunciou, esta quarta-feira, que desmantelou uma organização criminosa que se dedicava ao tráfico de anabolizantes e branqueamento de capitais a nível nacional e internacional, tendo sido detidas 12 pessoas, nas províncias de Santa Cruz, em Tenerife, Las Palmas, na Gran Canaria, e Sevilha. As substâncias proibidas eram importadas sobretudo de Portugal e Índia.

As autoridades apreenderam mais de 150.000 doses de substâncias anabolizantes e medicamentos contra a disfunção erétil e quase 2.000 rótulos de medicamentos recortados.

Em comunicado, esta quarta-feira, a polícia explica que a primeira etapa da investigação "começou na comunidade valenciana em 2021, onde se observou como vários distribuidores dessas substâncias proibidas, dedicados ao personal training, adquiriram substâncias dopantes mudando o nome e a cidade do remetente, bem como a empresa onde fizeram os pedidos". 

Posteriormente, "foram localizados armazéns de armazenamento e preparação de envios de encomendas, bem como três grandes distribuidores localizados em Gandía (Valência) e nas localidades de Benidorm e Calpe, em Alicante".

Após a primeira fase da operação, a investigação concentrou-se numa filial da organização que operava como distribuidora em Las Palmas. Segundo os investigadores, "esta sucursal tinha estabelecido contactos com um grupo sediado em Sevilha que importava substâncias proibidas principalmente de Portugal e da Índia". 

"As investigações dos agentes revelaram que a organização criminosa estava perfeitamente organizada, com capacidade e estrutura para realizar todas as fases do tráfico ilícito de drogas, aquisição, armazenamento e distribuição nacional e internacional", lê-se.

As remessas de medicamentos e outras substâncias proibidas foram distribuídas por toda a Espanha e território internacional, "tendo sido detetados carregamentos de anabolizantes para França, Itália e Estados Unidos".

"O grupo criminoso utilizava nomes fictícios que mudavam constantemente na receção e nas remessas de encomendas em que escondia os anabolizantes, mudando também periodicamente as empresas de transporte utilizadas, de modo a que o seu rastreio" fosse difícil.

Além disso, o modus operandi da organização consistia no uso sistemas de pagamento instantâneos e remessas de pacotes que não deixavam rastro. 

As primeiras ações para a exploração da investigação foram realizadas simultaneamente em Las Palmas e em Sevilha, "onde foram presos os chefes da organização criminosa".

Após as primeiras detenções, "os investigadores concentraram-se em detetar qualquer carregamento que os envolvidos pudessem ter feito, devido ao grave risco que a ingestão das substâncias que transportavam – problemas hepáticos, enfartes ou mesmo morte". Desta forma, "conseguiram localizar todos os carregamentos que continham anabolizantes e substâncias contra a disfunção erétil" e deter os outros suspeitos.

Leia Também: "Espanha está pronta" a enviar tanques Leopard 2 para Kyiv

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório