Meteorologia

  • 06 FEVEREIRO 2023
Tempo
16º
MIN 6º MÁX 18º

Moldova deve formar alianças militares por causa do conflito na Ucrânia

O ministro da Defesa moldavo, Anatolie Nosatii, defendeu hoje que a Moldova precisa de rever a sua estratégia militar e formar alianças para enfrentar os desafios à sua segurança resultantes da campanha militar russa na Ucrânia.

Moldova deve formar alianças militares por causa do conflito na Ucrânia

"Os acontecimentos na Ucrânia obrigam-nos a repensar a nossa estratégia e a prepararmo-nos para os desafios de segurança", afirmou o ministro, em entrevista ao canal Rlive.

Nosatii lamentou que o exército - que é estimado em cerca de 6.500 soldados profissionais (mais 2.000 soldados que cumprem o serviço militar obrigatório todos os anos) - tenha recebido "pouca atenção" até agora.

"O nosso 'status' neutro deixou-nos sozinhos, com um sistema de defesa que não se conforma com as realidades modernas", disse.

Nesse sentido, defendeu a criação de alianças militares sem renunciar à neutralidade consagrada na Constituição.

"Podem ser alianças locais ou regionais. A configuração pode variar. Quanto à [entrada na] NATO, a Moldávia não está tecnicamente preparada para esse processo", admitiu.

Nosatii acrescentou que o principal obstáculo para ingressar na aliança atlântica continua a ser a falta de apoio da maioria dos cidadãos.

Leia Também: Bruxelas propõe mais 145 milhões em apoio macrofinanceiro à Moldova

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório