Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Washington sanciona empresas chinesas, uma delas cotada no Nasdaq

Os Estados Unidos impuseram hoje sanções económicas a dois dirigentes de firmas chinesas e às suas empresas, uma das quais cotada no índice Nasdaq, acusados de pesca ilegal, trabalho forçado e violações dos direitos humanos.

Washington sanciona empresas chinesas, uma delas cotada no Nasdaq
Notícias ao Minuto

15:35 - 09/12/22 por Lusa

Mundo EUA

O Departamento do Tesouro norte-americano anunciou em comunicado ter congelado os bens nos Estados Unidos de Li Zhenyu e de Xinrong Zhuo e das suas empresas, a Dalian Ocean Fishing Co. e a Pingtan Marine Enterprise, esta última cotada no índice Nasdaq na bolsa de Nova Iorque.

É a primeira vez que o Departamento do Tesouro impõe sanções a uma empresa que integra o Nasdaq.

Os acionistas terão 90 dias para ceder as suas ações, disse aos jornalistas um responsável do Tesouro.

O Departamento do Tesouro identificou 157 barcos de pesca nos quais as duas empresas estão envolvidas.

"O Tesouro condena as práticas das pessoas sancionadas hoje, que envolvem frequentemente abusos dos direitos humanos, comprometem normas fundamentais do trabalho e do ambiente e prejudicam as perspetivas económicas das populações locais do Indo-Pacífico", refere o subsecretário do Tesouro Brian Nelson, citado no comunicado.

O Departamento do Tesouro sublinha que o Presidente norte-americano, Joe Biden, publicou no passado dia 27 de junho o memorando de luta contra as práticas ilegais, não declaradas, a pesca não regulamentada e os abusos de trabalho associados.

Leia Também: EUA. Pessimismo quanto a eventual recessão arrasta Wall Street para baixo

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório