Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Imigrante entrou no enclave espanhol de Melilla de parapente

Um imigrante conseguiu entrar na quinta-feira de parapente no enclave espanhol de Melilla, desde o vizinho Marrocos, revelaram esta sexta-feira as autoridades espanholas.

Imigrante entrou no enclave espanhol de Melilla de parapente

"Por volta das 18:15 (17:15 em Lisboa), duas pessoas que viajavam de carro (em Melilla) viram uma pessoa num parapente" a voar sobre a barreira alta de segurança que separa o enclave de Marrocos e a entrar em Melilla, referiu à agência France-Presse (AFP) o porta-voz da autarquia do enclave.

A cidades de Ceuta e Melilla são dois enclaves espanhóis em território de Marrocos e são as duas únicas fronteiras terrestres da UE com África.

As duas testemunhas "alertaram a Guarda Civil" mas o "imigrante não pôde ser localizado", acrescentou a mesma fonte.

Segundo o porta-voz da autarquia, é "a primeira vez" que um migrante entra em Melilha de parapente.

As barreiras de arame com vários metros de altura, equipadas com câmaras e torres de vigia, marcam a fronteira entre Marrocos e estes enclaves e são regularmente objeto de tentativas de passagem por vezes fatais.

Em 24 de junho, pelo menos 23 migrantes morreram a tentar entrar em Melilla, o maior número de mortos já registado durante tentativas de intrusão de migrantes nestes dois enclaves espanhóis.

Esta tragédia provocou indignação internacional, tendo a ONU denunciado um "uso excessivo da força" por parte das autoridades marroquinas e espanholas.

Por vezes, os migrantes também tentam nadar de volta para estes enclaves, desde localidades marroquinas vizinhas.

Leia Também: Espanha reitera atuação legal em Melilla e nega mortes no seu território

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório