Meteorologia

  • 31 JANEIRO 2023
Tempo
12º
MIN 4º MÁX 14º

Comissão Europeia preocupada com desinformação sobre guerra na Ucrânia

A vice-presidente da Comissão Europeia Vera Jourová revelou hoje no primeiro encontro anual do European Media and Information Fund (EMIF) que "as plataformas 'online' são um campo de batalha ativo na invasão russa da Ucrânia".

Comissão Europeia preocupada com desinformação sobre guerra na Ucrânia
Notícias ao Minuto

15:38 - 02/12/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

Um dia após a Comissão Europeia anunciar a criação de seis novos centros multinacionais de combate à desinformação, passando a cobrir todos os 27 países da União Europeia, Vera Jourová mostrou-se preocupada em relação à desinformação sobre a guerra na Ucrânia, numa mensagem gravada para o evento que decorreu, hoje, na Fundação Calouste Gulbenkian.

A vice-presidente responsável pela pasta dos Valores e da Transparência disse que é necessária uma maior consciência sobre os atores responsáveis pela desinformação para conseguir explorar as suas vulnerabilidades.

Vera Jourová reforçou o papel do observatório e dos seus polos regionais, que "já se mostraram extremamente valiosos para impulsionar o combate à desinformação", identificando mais de 1.600 casos de 'fake news' desde o início da guerra, sendo, por isso, "absolutamente crucial que se limite a disseminação da desinformação 'online'".

Apesar dos esforços, disse, há ainda muita desinformação disponível na internet e para que seja possível combatê-la é preciso reforçar as fontes que fornecem informação fidedigna.

Vera Jourová termina o discurso relembrando que o "combate à desinformação diz respeito a todos nós", e que a Comissão Europeia estará sempre disponível para fazer parte dos esforços conjuntos.

O encontro anual do EMIF foi uma iniciativa gerida pela Fundação Gulbenkian e pelo Instituto Universitário Europeu que apoia projetos de 'fact-checking', investigação e literacia mediática na Europa.

O evento teve o objetivo de apresentar o balanço do primeiro ano de atividade do EMIF e mostrar trabalho de cinco projetos apoiados: Associação Godinhela -- investigação e desenvolvimento social, Agência France-Presse (AFP), OKO.press, International Press Institute e a Transatlantic Foundation.

Numa segunda parte do encontro, decorreram dois debates sobre a promoção do diálogo sobre a luta contra a desinformação, moderado por Paolo Cesarini, perito em políticas para o mercado único digital e media, e também sobre o financiamento de iniciativas de combate à desinformação, moderado por Joanna Krawzczyk, que tem desempenhado cargos executivos na área do desenvolvimento dos media.

Leia Também: Bruxelas anuncia criação de seis novos centros de combate à desinformação

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório