Meteorologia

  • 29 JANEIRO 2023
Tempo
10º
MIN 4º MÁX 12º

Mata mãe a tiro porque não fez uma compra na Amazon. Homicida tem 10 anos

O menor vingou-se da progenitora porque esta se recusou a comprar uns óculos de realidade virtual. Foi acusado como adulto pelo crime de homicídio.

Mata mãe a tiro porque não fez uma compra na Amazon. Homicida tem 10 anos
Notícias ao Minuto

12:21 - 02/12/22 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um menino, de 10 anos, atingiu mortalmente a própria mãe a tiro, em Milwaukee, no estado norte-americano de Wisconsin. O crime macabro ocorreu, na semana passada, porque a mulher se recusou a comprar óculos de realidade virtual na Amazon.

Logo de seguida, terá entrado na conta do site de compras online da mãe e encomendou o objeto para ser entregue no dia seguinte.

De acordo com o jornal New York Post, que cita o Milwaukee Journal Sentinel, foi o próprio a dar o alerta aos serviços de emergência para prestarem socorro à mãe.

O menino acabou por ser detido e irá ser acusado pelo crime de homicídio como um adulto. De acordo com a imprensa norte-americana, o menor, que não foi identificado devido à idade, encontra-se agora num centro de detenção juvenil.

O mesmo jornal adianta que, inicialmente, a criança disse à polícia que se tratou de um disparo acidental. Alegadamente teria ido buscar a arma ao quarto da mãe e disparou quando a vítima estava a lavar a roupa na cave. Contudo, acabou por admitir a um familiar que apontou a arma ao rosto da progenitora e disparou intencionalmente. 

O menino tem um histórico de comportamentos agressivos e alucinações, de acordo com relatos de familiares às autoridades. O jovem terá dito que ouvia vozes imaginárias, terá agarrado e abanado um cão pela cauda quando tinha apenas quatro anos e, há pouco tempo, terá causado uma explosão usando um líquido inflamável num balão. 

A criança esteve pela primeira vez presente ao Tribunal do Condado de Milwaukee na sexta-feira passada, tendo sido fixada uma fiança em 50 mil dólares (mais de 47 mil euros).

Leia Também: Pai suspeito de agredir filha bebé impedido de se aproximar da menina

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório