Meteorologia

  • 28 JANEIRO 2023
Tempo
MIN 4º MÁX 11º

Ex-polícia acusado de matar família de adolescente que enganava online

O homem foi localizado horas depois no condado de San Bernardino, atirando contra a polícia e morrendo no tiroteio.

Ex-polícia acusado de matar família de adolescente que enganava online
Notícias ao Minuto

14:09 - 29/11/22 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

Um antigo polícia do estado norte-americano da Virgínia, nos Estados Unidos, terá assassinado a família de uma adolescente com quem conversava online, fingindo ser outra pessoa, na Califórnia. O homem foi morto pelas autoridades, na sexta-feira, quando estava em fuga.

O alerta foi dado depois de a adolescente, visivelmente alterada, ter sido vista a entrar no carro do suspeito, identificado como Austin Lee Edwards, de 28 anos, revela um comunicado.

Enquanto as autoridades se dirigiam ao local, os serviços de emergência receberam chamadas a dar conta de um incêndio na mesma zona.

Três corpos foram descobertos na entrada da residência em chamas, tendo a Polícia de Riverside apurado que se tratou de um triplo homicídio. Na verdade, a adolescente identificada no alerta inicial vivia naquela casa com os avós, Mark Winek, de 69 anos, e Sharie Winek, de 65 anos, bem como com a mãe, Brooke Winek, de 38 anos, assassinados pelo suspeito.

Notícias ao Minuto
© Departamento da Polícia de Riverside

Segundo as autoridades, Edwards mantinha uma relação online com a jovem, tendo viajado até Riverside, onde acabou por assassinar a família da adolescente, antes de deixar a cena do crime com a jovem.

O homem foi localizado horas depois no condado de San Bernardino, atirando contra a polícia e morrendo no tiroteio. A adolescente, por sua vez, saiu ilesa, tendo sido entregue à guarda dos serviços sociais do condado de Riverside.

“Os nossos sentimentos para a família Winek e os seus entes queridos durante este período de grande dor. Esta é uma tragédia para todos os residentes de Riverside”, disse o chefe da polícia local, Larry Gonzalez.

“Este é mais um lembrete horrível dos predadores que existem online e que atacam os nossos filhos. Se já conversou com os seus filhos sobre como estar seguro online e nas redes sociais, converse novamente. Se não, comece agora para os proteger melhor”, rematou.

As causas do incêndio estão a ser investigadas, ainda que os indícios apontem para que tenha sido intencional.

Leia Também: ADN resolve dois homicídios cometidos há 4 quatro décadas no Canadá

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório