Meteorologia

  • 09 DEZEMBRO 2022
Tempo
17º
MIN 13º MÁX 17º

Perto de três mil pessoas fugiram no distrito de Muidumbe em Moçambique

Perto de três mil pessoas fugiram de casa no distrito de Muidumbe, Cabo Delgado, no norte de Moçambique, depois de ataques armados na última semana, segundo o último relatório da Organização Internacional das Migrações (OIM).

Perto de três mil pessoas fugiram no distrito de Muidumbe em Moçambique

A maioria foge para outras povoações do mesmo distrito ou desloca-se para o vizinho distrito de Mueda, segundo dados compilados entre 16 e 22 de novembro (até terça-feira) pela matriz de deslocações e pelo rastreio de emergência da OIM.

Na quinta-feira, residentes da comunidade de Namacule, naquele distrito, encontraram debaixo de uma bananeira quatro cadáveres de homens, junto a campos cultivados de cana-de-açúcar, disse hoje fonte local à Lusa.

Ninguém reconheceu os corpos, suspeitando por isso que se tratem de membros dos grupos que aterrorizam a região, abatidos durante confrontos, acrescentou.

Além de Muidumbe, a insegurança provocou ainda na última semana a movimentação de quase 1.300 pessoas no distrito de Macomia e 700 em Namuno, na ponta sudoeste da província.

A maioria das fugas são feitas a pé e metade do deslocados são crianças, acrescenta a OIM.

A província de Cabo Delgado enfrenta há cinco anos uma insurgência armada com alguns ataques reclamados pelo grupo extremista Estado Islâmico.

A insurgência levou a uma resposta militar desde julho de 2021 com apoio do Ruanda e da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), libertando distritos junto aos projetos de gás, mas surgiram novas vagas de ataques a sul da região e na vizinha província de Nampula.

O conflito já fez um milhão de deslocados, de acordo com o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), e cerca de 4.000 mortes, segundo o projeto de registo de conflitos ACLED.

Leia Também: Dívidas ocultas de Moçambique. Leitura da sentença durará cinco dias

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório