Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 16º MÁX 22º

Corrida ao Senado e para governador no Arizona continua em aberto

O maior condado do Arizona pode começar a divulgar em breve os resultados dos votos que estavam por contar esta sexta-feira, após as intercalares nos EUA, esclarecendo se os Republicanos ainda podem ultrapassar os Democratas nos lugares chave.

Corrida ao Senado e para governador no Arizona continua em aberto
Notícias ao Minuto

00:53 - 12/11/22 por Lusa

Mundo EUA/Eleições

Com meio milhão de votos restantes a serem contados esta sexta-feira, o candidato Republicano ao Senado, Blake Masters, precisava de vencer mais de 60% destes para derrotar o candidato Democrata Mark Kelly.

Na corrida para governador, a Republicana Kari Lake precisava de vencer pouco mais de metade para ultrapassar a Democrata Katie Hobbs.

Os Republicanos acreditam que os votos restantes os favorecem fortemente e têm pressionado as autoridades eleitorais no condado de Maricopa, que inclui a maioria dos eleitores do Arizona, para acelerar a contagem.

O presidente do Conselho de Supervisores do Condado, Bill Gates, um Republicano, disse que a equipa está a trabalhar o mais rápido possível, mas leva tempo para seguir as etapas detalhadas exigidas pela lei do Arizona.

As autoridades do condado referiram que foram inundadas com muito mais boletins de voto antecipados no dia da eleição do que jamais tiveram que processar.

Contar estes boletins é demorado porque as autoridades precisam verificar se cada uma veio de um eleitor legítimo, um processo que não poderia começar até quarta-feira.

O condado de Pima, na área de Tucson, também tinha uma parcela considerável de votos por contar. Juntos, os dois municípios urbanos do Estado respondiam por 90% dos votos ainda por apurar, segundo dados da secretaria de Estado.

Qualquer um dos partidos pode conquistar o controlo do Senado dos EUA ao vencer no Arizona, no Nevada, outra corrida disputada que ainda é cedo para ser declarada como finalizada, ou na segunda volta que irá decorrer em dezembro na Geórgia.

Por outro lado, os Democratas acham possível que os votos restantes no Arizona sejam muito menos favoráveis aos Republicanos, o que pode permitir que os seus candidatos, ou grande parte deles, mantenham a liderança que possuem.

Ao terceiro dia de contagem de votos para as eleições intercalares norte-americanas, os Republicanos ainda lideram a corrida pela maioria na Câmara de Representantes, mas perderam 'velocidade' nas últimas 24 horas para os Democratas.

Com 435 cadeiras em jogo e a contagem de votos ainda em andamento, as projeções do jornal Politico colocam os Republicanos à frente, concedendo-lhes 211 assentos e 192 aos Democratas, sendo 218 necessários para formar uma maioria.

Já a corrida para o Senado está mais renhida, com os Republicanos a conseguirem 49 assentos, contra 48 assegurados pelos Democratas, num total de 100 assentos em disputa.

As eleições intercalares norte-americanas, realizadas na terça-feira, determinarão qual o partido que controlará o Congresso nos dois últimos anos do mandato do Presidente Joe Biden (Democrata), estando também em jogo 36 governos estaduais e vários referendos estaduais a medidas sobre questões-chave, incluindo aborto e drogas leves.

Leia Também: Arizona ainda conta votos e continua a ser o epicentro da desinformação

Recomendados para si

;
Campo obrigatório