Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Arqueólogos descobrem esqueletos de pelo menos 76 crianças no Peru

Veja as imagens do local onde as crianças, que tinham entre os seis e os 15 anos, foram sacrificadas.

Arqueólogos descobrem esqueletos de pelo menos 76 crianças no Peru
Notícias ao Minuto

22:56 - 30/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Peru

Uma equipa de arqueólogos encontrou 76 túmulos de crianças, que teriam entre os seis e os 15 anos, em Trujillo, que fica a cerca de 500 quilómetros da capital peruana, Lima.

"Encontrámos 76 túmulos com restos de crianças sacrificadas nas últimas escavações que realizamos", explicou à agência France-Press um dos especialistas que participou na escavação, que terminou este mês. De acordo com o Luis Flores contou, este ritual ter-se-á realizada há cerca de mil anos e durante o mesmo foram arrancados os corações das crianças. 

Esta não é também a primeira descoberta do género que a equipa onde trabalha faz, já que entre 2016 e 2019 foram descobertos os restos mortais de outras 240 crianças. Juntando com esta descoberta, que foi feita nos meses de julho e agosto, "são seis eventos de sacrifícios que somam mais de 300 crianças em Pampa La Cruz em todos esses anos de escavações".

"Ficámos surpreendidos por, à medida que íamos escavando de 10 a 20 centímetros, mais e mais restos iam saindo. Demos conta de que eram crianças", referiu Flores, explicando que o peito destas vítimas foi aberto de forma transversal para a retirada do coração, num ritual aos deuses do povo Chimú, uma cultura pré-inca.

"Os sacrifícios podem ser por eventos de falta de chuva, secas, [problemas] políticos, ou guerras. Há várias hipóteses que estamos investigando", acrescentou.
 

Para além dos corpos, havia também cinco restos mortais que pertenciam a meninas, que estavam "sentadas" com as cabeças juntas, a forma uma espécie de círculo. "Graças a Pampa La Cruz, sabemos que os sacrifícios humanos, sobretudo de crianças, foram uma parte estrutural da religião dos chimús para celebrar e glorificar seu Estado", declarou o responsável pela escavação, Gabriel Prieto, à agência estatal peruana Andina.

Há também estudantes e responsáveis norte-americanos envolvidos nestas escavações, que deverão retomar em 2023 - o que significa que mais esqueletos podem ser encontrados.

Leia Também: Dois guardas feridos após detetarem barco com haxixe em praia de Espanha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório