Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 14º

CPLP defende reforço de diálogo com observadores para eventos culturais

Os ministros da Cultura da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) querem reforçar o diálogo com os países observadores associados da organização para eventos culturais e de promoção da língua portuguesa na UNESCO e outros fóruns internacionais.

CPLP defende reforço de diálogo com observadores para eventos culturais
Notícias ao Minuto

16:39 - 30/09/22 por Lusa

Mundo CPLP

De acordo com um comunicado divulgado hoje pela CPLP, os ministros da Cultura dos nove Estados-membros da comunidade realizaram uma reunião extraordinária, em formato híbrido (presencial e virtual), a partir do México, à margem da Conferência Mundial sobre Políticas Públicas Culturais e Desenvolvimento Sustentável, na quinta-feira.

Um encontro que teve como objetivo, segundo a mesma nota, "promover a concertação sobre as questões relevantes da agenda da Mondiacult 2022 de interesse dos Estados-membros e concretizar a coordenação de ações de concertação política e diplomática para os assuntos culturais da CPLP".

Segundo o comunicado, os ministros consideram que "os eventos internacionais sobre cultura constituem um momento privilegiado para o aprofundamento de relações entre a CPLP e os observadores associados, mediante o aprofundamento do diálogo contínuo e a partilha de experiências e de boas práticas".

Pelo que, na declaração final do encontro, recomendam "o fortalecimento dos mecanismos de diálogo institucional com os observadores associados da CPLP no contexto de eventos culturais e de promoção da língua portuguesa, designadamente através da troca de informações e debates que tenham lugar no âmbito da UNESCO e outros fóruns internacionais".

A recomendação teve em conta também a decisão da construção de "uma comunidade assente na língua portuguesa, entendida como fator de identidade, desenvolvimento e afirmação internacional desses países", bem como "o valor potencial do contributo dos observadores associados para a prossecução dos objetivos da CPLP", refere a nota.

Mas os ministros também recordam a orientação dos chefes de Estado e de Governo da CPLP na XI Cimeira em Brasília, em 2016, sobre a apresentação de estratégias para intensificar o envolvimento dos observadores associados com a comunidade.

Assim como, a resolução sobre o Reforço da Cooperação com Observadores Associados, adotada em Brasília, em 20 de julho de 2017, pela XXII Reunião Ordinária do Conselho de Ministros da CPLP.

A declaração dos ministros da Cultura levou em consideração também as "conclusões e recomendações saídas da Mondiacult 2022 e os compromissos internacionalmente identificados pelos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030", relativamente à necessidade "de defesa, salvaguarda e a promoção da cultura, do património cultural tangível e intangível e da criatividade enquanto recursos que contribuem para o trabalho decente e o crescimento económico, a redução das desigualdades e sociedades pacíficas e inclusivas".

Além disso destaca a decisão da UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, Ciência e Cultura) da 40.ª sessão da Conferência Geral (2019) de proclamar a data de 05 de maio como "Dia Mundial da Língua Portuguesa" e realça "as consequências virtuosas das ações de promoção da língua portuguesa, nas suas dimensões cultural, educacional, científica e política, com desdobramentos significativos sobre o crescimento da economia criativa dos países que a utilizam".

Num outro comunicado também divulgado hoje, a CPLP informa que o secretário-executivo da organização, Zacarias da Costa, recebeu na quinta-feira a vice-ministra das Relações Internacionais e Cooperação da Namíbia, Jenelly Matundo, na sede da CPLP.

De acordo com a nota, no encontro "foram abordadas potenciais formas de estreitar a cooperação entre a CPLP e a Namíbia, um Estado com a categoria de observador associado" da organização.

Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste são os nove Estados-membros da CPLP.

Leia Também: Moçambique vacinou mais de 700 mil jovens contra a Covid-19 em dois dias

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório