Meteorologia

  • 06 DEZEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 17º

Espanha convoca embaixador do Irão para condenar repressão de protestos

O ministro dos Negócios Estrangeiros de Espanha, José Manuel Albares, convocou hoje o embaixador do Irão em Madrid para condenar a repressão das manifestações e a violação dos direitos das mulheres.

Espanha convoca embaixador do Irão para condenar repressão de protestos
Notícias ao Minuto

11:21 - 28/09/22 por Lusa

Mundo Irão

O embaixador Hassan Qashqavi esteve hoje no Ministério dos Negócios Estrangeiros de Espanha, em resposta à convocatória de Albares, segundo noticia a agência de notícias EFE.

Na terça-feira, num comunicado, o Governo espanhol condenou a repressão violenta de manifestações pacíficas no Irão e pediu às autoridades iranianas para respeitarem e garantirem o direito de todos os cidadãos a expressar-se "livre e pacificamente".

Os protestos no Irão começaram em 16 de setembro, quando a iraniana Mahsa Amini, de 22 anos, morreu no hospital, três dias depois de ter sido detida pela chamada polícia de costumes por violar as regras do vestuário feminino que ditam que as mulheres não podem mostrar o cabelo em público.

Segundo um balanço feito pela agência de notícias iraniana Fars, cerca de 60 pessoas, entre manifestantes e membros das forças de segurança, morreram desde o início do movimento de protesto, que se espalhou por várias cidades iranianas.

As autoridades acrescentam que, desde o dia 16, foram detidos mais de 1.200 manifestantes, incluindo mulheres.

Segundo a organização não-governamental (ONG) Iran Human Rights, que tem sede em Oslo, na Noruega, o número de mortos nos protesto ascende a 76.

Leia Também: Polícia do Irão ameaça usar toda a força contra apoiantes de Masha Amini

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório