Meteorologia

  • 02 DEZEMBRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 14º

Incidentes nos Nord Stream "não foram um ataque na Suécia", diz MNE

"Este não é um ataque contra a Suécia porque não está no nosso território", referiu a responsável.

Incidentes nos Nord Stream "não foram um ataque na Suécia", diz MNE

As supostas explosões nos gasodutos Nord Stream não constituem um ataque direto à Suécia, segundo informou, esta quarta-feira, a ministra dos Negócios Estrangeiros Ann Linde, na televisão pública sueca SVT. 

"Este não é um ataque contra a Suécia porque não está no nosso território", referiu a responsável. "É um incidente internacional", sublinha.

A ministra informou ainda que o secretário de estado dos EUA, Anthony Blinken, ofereceu apoio para descobrir o que aconteceu e que tanto a União Europeia como o secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, foram informados de todos os factos.

Recorde-se que a Dinamarca e a Suécia anunciaram, esta terça-feira, que aconteceram grandes fugas de gás em ambos os gasodutos Nord Stream do Mar Báltico e que estas foram causadas ​​por atos deliberados de sabotagem realizados em cada uma das zonas económicas exclusivas dos dois países.

As explosões ocorreram, no entanto, fora das águas territoriais suecas e dinamarquesas.

Ainda no dia de ontem, terça-feira, também os primeiros-ministros de ambos os países escandinavos confirmaram que as explosões atingiram o Nord Stream 1 e 2 mas não representaram uma ameaça militar direta ou ataque à Suécia e Dinamarca.

Leia Também: Nord Stream? "Incidentes não são coincidência" mas sim "ato deliberado"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório