Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 17º

Surto de cólera na Síria já fez pelo menos 29 mortos

O país, devastado por uma guerra que dura há onze anos, enfrenta o pior surto da doença em vários anos.

Surto de cólera na Síria já fez pelo menos 29 mortos
Notícias ao Minuto

10:36 - 26/09/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Cólera

Pelo menos 29 pessoas morreram na Síria devido a um surto de cólera, anunciou esta segunda-feira o ministério da Saúde do país, com a Organização das Nações Unidas (ONU) a considerar o surto como um dos mais preocupantes dos últimos anos.

Segundo o governo, citado pela Reuters, foram confirmados 338 casos de cólera no último mês, com a maioria dos casos e das mortes a serem registados no norte da província de Aleppo, a capital do país.

Só na região da capital foram identificados 230 casos e 25 mortes.

O surto de cólera é mais um desafio para os serviços de saúde da Síria, que continuam a ter dificuldades em assistir uma população devastada e altamente impactada pela guerra que dura desde 2011.

A ONU considerou que o surto de cólera pode dever-se ao uso de água contaminada para regar campos agrícolas, além de que a escassez de água potável tem levado muitas pessoas a beber diretamente a água do rio Eufrates, o histórico rio que atravessa o país e uma grande parte do Médio Oriente.

A guerra também deixou de rastos as infraestruturas de fornecimento de água potável e, durante a última década, foi aumentando a dependência em fontes de água pouco fiáveis.

O crescimento da cólera surge depois do país ter enfrentado uma vasto número de casos de diarreia, malnutrição e doenças de pele por causa da falta de água potável.

A doença também se espalhou bastante pelo norte do país, onde a oposição curda ao regime ditatorial de Bashar al-Assad mantêm o controlo sobre partes da região. No nordeste da Síria, o número de casos suspeitos de cólera aumentou para mais de 2.000, acrescentou o Comité Internacional de Resgate (IRC, na sigla em inglês), uma organização não-governamental norte-americana com missões humanitárias na zona.

A IRC alerta ainda para a possibilidade do valor real de casos ser muito superior, dadas as dificuldades das autoridades de saúde em testar um maior número de pessoas.

A cólera é uma doença infeciosa, que origina no intestino delgado e é causada por uma bactéria denominada Vibrio Cholerae, causando diarreias muito graves e podendo levar à morte em poucas horas, se não for tratada rapidamente. No site da Organização Mundial de Saúde, estima-se que ocorram entre três a cinco milhões de casos de cólera no mundo anualmente, morrendo entre 100 a 200 mil pessoas por ano.

A doença transmite-se bebendo água contaminada ou outros alimentos contaminados, como marisco. A cólera surge principalmente nos continentes africanos e asiáticos, especialmente no Médio Oriente e na América Latina, com as temperaturas mais elevadas nos meses de calor a aumentarem a prevalência da doença.

Leia Também: Caso de cólera em Wuhan deixa China em alerta

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório