Meteorologia

  • 05 DEZEMBRO 2022
Tempo
15º
MIN 12º MÁX 16º

FBI vai ajustar "postura de segurança" após invasão a escritórios

Diretor do FBI deixou ainda uma mensagem para aqueles que têm criticado a polícia federal americana, na sequência das buscas à mansão de Donald Trump, em Mar-a-Lago.

FBI vai ajustar "postura de segurança" após invasão a escritórios
Notícias ao Minuto

15:51 - 12/08/22 por Notícias ao Minuto

Mundo EUA

O FBI (Federal Bureau of Investigation) vai ajustar a sua “postura de segurança” depois de, na quinta-feira, um homem armado ter tentado invadir os seus escritórios em Cincinnati, no estado de Ohio. 

Numa mensagem citada pela imprensa norte-americana, o  diretor do FBI, Christopher Wray, disse estar focado na segurança dos funcionários. 

“A Divisão de Segurança está a trabalhar em toda a agência enquanto continuamos vigilantes e ajustamos a nossa postura de segurança”, afirmou. 

Recorde-se que a polícia federal americana anunciou, em comunicado, que o  homem tinha um colete à prova de bala e foi perseguido numa autoestrada, após tentar “invadir” os escritórios do FBI. O suspeito abandonou o carro em que seguia em estradas rurais próximas e acabou por ocorrer “uma troca de tiros entre a polícia e o suspeito". O homem fugiu para um campo de milho, onde foi cercado pela polícia, que tentou sem sucesso negociar com ele a rendição às autoridades. Acabou por morrer no local, depois de ter apontado a sua arma contra os oficiais.

A NBC News, que cita fontes policiais, identificou o suspeito como Ricky Shiffer. O homem terá feito publicações online com referências a violência contra o FBI, logo depois das buscas à casa do antigo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, em Mar-a-Lago, na Flórida. 

Além disso, acredita-se que o homem também estava no Capitólio, no ataque de janeiro passado, e publicava frequentemente na Truth Social, fundada por Trump, nomeadamente esta semana, e com ameaças ao FBI.

Recorde-se que, na quarta-feira, Christopher Wray anunciou que o FBI tinha recebido ameaças após a busca à casa de Trump, chamando-lhes "deploráveis e perigosas". 

O tema voltou a ser comentado nesta sua mais recente mensagem.

“Houve muitos comentários sobre o FBI esta semana questionando o nosso trabalho e motivos. Muito disso vem de críticos e especialistas de fora que não sabem o que sabemos e não veem o que vemos”, disse Wray. “O que eu conheço – e o que vejo – é uma organização composta por homens e mulheres que estão comprometidos em fazer o seu trabalho profissionalmente e de acordo com as regras todos os dias; esta semana não é exceção do rigor, objetividade e paixão feroz pela missão [destes funcionários]”, disse.

Leia Também: Morto homem armado que tentou invadir um escritório do FBI em Ohio

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório