Meteorologia

  • 30 SETEMBRO 2022
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

Dacar detém mais de 140 migrantes que tencionavam viajar para a Europa

A polícia senegalesa anunciou hoje que interpelou mais de 140 migrantes, dos quais quase metade eram estrangeiros, que se preparavam para viajar clandestinamente para a Europa.

Dacar detém mais de 140 migrantes que tencionavam viajar para a Europa
Notícias ao Minuto

20:09 - 10/08/22 por Lusa

Mundo Dacar

Os 143 viajantes que se dirigiam à Europa foram detidos "durante a noite de 6 para 7 de agosto", 68 em Fimela e 75 em Nianing, duas zonas de pesca, a sul de Dacar, disse a polícia num comunicado.

O grupo era composto por 57 estrangeiros cuja nacionalidade não foi especificada.

"Um dos transportadores foi detido durante as operações. Era responsável pela coordenação e embarque de migrantes na costa para a Europa por 300.000 francos CFA da África Ocidental [457 euros] por cada pessoa", disse a polícia.

Quatro veículos de transporte que tinham levado os candidatos a migrantes para Nianing e Fimela foram "imobilizados" por polícias nestas duas localidades, depois de terem partido para Diamniadio, uma nova cidade perto de Dacar, disse a mesma fonte.

Pelo menos 14 migrantes morreram em 28 de junho num incêndio numa piroga na cidade de Kafountine, em Casamança (sul, na fronteira com a Guiné-Bissau).

Cerca de 140 pessoas, incluindo guineenses, nigerianos, gambianos e senegaleses estavam na piroga, de acordo com as autoridades locais.

Partidas de barcos cheios de migrantes são frequentemente observadas na costa senegalesa.

Os futuros migrantes tentam frequentemente chegar ao arquipélago espanhol das ilhas Canárias, uma porta de entrada para a Europa, a cerca de 1.500 quilómetros do norte do país.

Várias centenas de pessoas morrem todos os anos no Mar Egeu, no sudeste do Mediterrâneo, tentando também atravessar da Turquia para a Grécia com destino ao norte da Europa, de acordo com as Nações Unidas e organizações não-governamentais.

Dezenas de pessoas foram dadas como desaparecidas hoje pelas autoridades gregas depois de o barco ter afundado no mar Egeu do sudeste, com 29 pessoas resgatadas, de acordo com a guarda costeira.

Leia Também: África do Sul. 7 imigrantes acusados de violação coletiva de 8 mulheres

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório