Meteorologia

  • 27 SETEMBRO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Biden faz primeira viagem presidencial após o isolamento da Covid-19

O presidente dos Estados Unidos da América foi a Kentucky fazer o levantamento dos danos provocados pelas cheias.

Biden faz primeira viagem presidencial após o isolamento da Covid-19
Notícias ao Minuto

19:06 - 08/08/22 por Notícias ao Minuto com Lusa

Mundo EUA

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos da América (EUA), fez a primeira viagem presidencial, na segunda-feira, após o longo isolamento que cumpriu após testar positivo à Covid-19.

O autarca viajou até ao estado norte-americano de Kentucky para fazer o levantamento dos danos provocados pelas cheias que fizeram pelo menos 37 mortes.

Aterrou em Lexington, a segunda cidade mais populosa daquele estado, para falar com as autoridades locais após a chuva ter inundado a parte oriental do estado.

Na sua agenda, Biden, em conjunto com a primeira dama Jill Biden, tem programado encontrar-se com o governador Andy Beshear e a primeira dama Britainy Beshear do Kentucky, de acordo com a Casa Branca, bem como visitar as famílias afetadas pelas inundações, relata a ABC News.

"Eles [Joe e Jill] vão receber uma atualização sobre a resposta ao desastre, vão agradecer aos que estão na linha da frente e vão partilhar a dor com a comunidade", disse a porta-voz da Casa Branca, Karine Jean-Pierre.

Jean-Pierre adiantou que a Agência Federal de Gestão de Emergências (FEMA, na sigla em inglês) forneceu mais de 3,1 milhões dólares (cerca de três milhões de euros) em fundos e centenas de equipas de resgate foram enviadas para prestar assistência.

"As inundações no Kentucky e o clima extremo em todo o país são mais um alerta da intensificação e aceleração dos impactos das alterações climáticas e da necessidade urgente de investir para tornar as nossas comunidades mais resilientes a elas", disse.

A visita desta segunda-feira é a segunda do presidente norte-americano ao Estado desde que assumiu o cargo em 2021. O líder dos Estados Unidos já havia visitado o Kentucky em dezembro, depois da passagem de tornados que mataram 77 pessoas e deixaram um rasto de destruição.

Biden alargou a assistência federal para desastres no Kentucky, garantindo que o Governo cobre o custo total da remoção de detritos e outras medidas de emergência.

As inundações ocorreram um mês depois de o governador do estado do Kentucky ter visitado a cidade Mayfield para comemorar a conclusão da reconstrução das primeiras casas desde a passagem de um tornado. Três famílias receberam as chaves das suas novas casas.

O Serviço Nacional de Meteorologia (NWS, na sigla em inglês) disse no domingo que as inundações continuam a ser uma ameaça, alertando para a previsão de mais temporais até quinta-feira.

O presidente, que testou positivo no dia 21 de julho deixou de estar em isolamento dia 27, porém, a 30 de julho, voltou a estar após testar novamente positivo.

Biden, está vacinado com a dose de reforço, contudo, o seu resultado positivo ao coronavírus surgiu dias depois de o presidente ter regressado de uma viagem, onde esteve em contacto com vários líderes em Israel e no Médio Oriente e foi visto a abraçar funcionários e sem máscara durante reuniões internas.

Leia Também: Taiwan? "Não estou alarmado, mas estou preocupado com tanta movimentação"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório