Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Gémeos de 10 anos salvam pai com técnicas de reanimação vistas em filmes

Menino lembrou-se do que tinha visto em 'Hook', de Steven Spielberg, e 'The Sandlot', de David Mickey Evans.

Gémeos de 10 anos salvam pai com técnicas de reanimação vistas em filmes
Notícias ao Minuto

23:59 - 05/07/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Estados Unidos

Foi num dia de calor que Brad Hassig e os filhos gémeos desfrutavam da piscina da família, em Mountain Brook, no Alabama, Estados Unidos. A mãe e a filha mais velha não estavam em casa e um vizinho, Sam Ebert, de 11 anos, tinha vindo brincar com os miúdos.

Nesse dia, Brad  quase se afogou na sua piscina, não fossem as três crianças tê-lo salvo. Como? Com técnicas aprendidas em  filmes. 

"Gosto de fazer exercícios respiratórios. É tranquilo e relaxante. Eu adoro estar debaixo de água. Digo o Pai Nosso quando estou a fazer isto. É um tipo de meditação. Não me lembro de a ter terminado", disse Hassig, que desmaiou na piscina. 

Foi encontrado no fundo, por um dos filhos. 

"Ele normalmente senta-se como se estivesse a meditar. Pude ver que ele abanava, depois deitou-se de lado. Eu disse ao Bridon: 'O pai não está bem'", conta Christian, citado pelo The Washington Post. 

"Eu e o Sam mergulhámos na água e eu fiquei com um ombro e ele com o outro. E nós apenas o arrastamos para os degraus", conta Bridon.

Enquanto Christian corria para encontrar ajuda, Bridon começou a fazer técnicas de reanimação no pai, com o auxílio do amigo. 

Lembrou-se do que tinha visto em 'Hook', de Steven Spielberg, e 'The Sandlot', de David Mickey Evans - cenas que demonstravam técnicas de reanimação, como compressões peitorais e respiração boca-a-boca.

De repente, o pai começa a tossir sangue, água e espuma. 

"Foi como se eu tivesse acabado de levar uma pancada de lado. E quando me aproximei, estava a tossir. Sabes? Só estou a tossir sangue e água. A lutar para respirar. E há pessoas por todo o lado", recorda Hassig, que foi levado de ambulância para as urgências de Grandview.

Esteve internado mas recebeu alta apenas 24 horas depois.

"Amo-os. E estou muito orgulhoso e grato por eles. Ficarei grato para o resto da minha vida", disse Hassig entre lágrimas.

Os irmãos vão agora ter formação oficial em reanimação e o pai deu-lhes telemóveis para futuras emergências. "É uma recompensa, mas é também para a paz de espírito", explicou.

Leia Também: Doze detidos por negar insulina a menina diabética que acabou por morrer

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório