Meteorologia

  • 08 AGOSTO 2022
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 27º

"Visão repugnante". Putin reage a provocação do G7 por fotos em tronco nu

O chefe de Estado recordou o poeta Alexander Pushkin, que dizia que "uma pessoa podia ser inteligente e pensar na beleza das suas unhas".

"Visão repugnante". Putin reage a provocação do G7 por fotos em tronco nu
Notícias ao Minuto

08:25 - 30/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Ucrânia/Rússia

O presidente russo, Vladimir Putin, reagiu, na quarta-feira, à provocação dos líderes do G7 sobre sua fotografia em tronco nu a cavalo, atirando que a possibilidade daqueles responsáveis tirarem a roupa seria “uma visão repugnante”.

"Não sei exatamente como é que quereriam despir-se: da cintura para cima, da cintura para baixo, mas acho que seria uma visão repugnante", lançou Putin, em declarações aos jornalistas no âmbito da cimeira de líderes dos países do Mar Cáspio, em Ashgabat, no Turquemenistão, citado pela agência RIA.

O chefe de Estado recordou, nessa linha, o poeta Alexander Pushkin, que dizia que “uma pessoa pode ser inteligente e pensar na beleza das suas unhas”.

"Concordo com isso. Tudo numa pessoa deve ser harmonioso: tanto a alma, como o corpo. Mas para que tudo seja tão harmonioso, é preciso abandonar o álcool e outros maus hábitos, e fazer desporto”, lançou Putin.

Recorde-se que Boris Johnson, primeiro-ministro britânico, ridicularizou as fotografias do líder russo em tronco nu, a cavalo, no arranque da reunião do G7, a 26 de junho.

"Casacos vestidos ou despidos? Devemos tirar as nossas roupas", lançou o responsável.

Justin Trudeau, primeiro-ministro do Canadá, aderiu à brincadeira, considerando que deveriam "esperar pela fotografia" oficial.

"Temos de mostrar que somos mais fortes que Putin", complementou Boris, atirando que teriam de “mostrar os peitorais".

"Vamos ter a exibição de equitação em tronco nu", referiu ainda Trudeau.

Quem também não se coibiu de participar foi a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen, que apontou que era "equitação no seu melhor".

Os líderes do G7, grupo de grandes potências industrializadas (França, Estados Unidos, Reino Unido, Alemanha, Itália, Canadá e Japão), estiveram reunidos no sul da Alemanha durante três dias, antecipando a cimeira dos Estados-membros da NATO, em Madrid, que termina esta quinta-feira.

Leia Também: "Temos de mostrar peitorais": Líderes do G7 troçam de Putin em tronco nu

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório