Meteorologia

  • 09 AGOSTO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 30º

AO MINUTO: 20 mortos em Kremenchuk; Zelensky quer investigação a ataque

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: 20 mortos em Kremenchuk; Zelensky quer investigação a ataque
Notícias ao Minuto

07:48 - 28/06/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Ucrânia/Rússia

O dia de ontem ficou marcado pelo ataque a um centro comercial em Kremenchuk, na Ucrânia. O número de mortos continua a subir e o G7 e vários líderes mundiais já condenaram o ataque russo.

Já Zelensky, no seu habitual discurso à nação, diz que este é "um dos ataques terroristas mais desafiantes da história europeia".

Arranca também esta terça-feira a cimeira da NATO, em Madrid. No primeiro dos três dias durante os quais vai decorrer este encontro, o secretário-geral da NATO anunciou que a Turquia retirou o veto à Finlândia e Suécia na entrada para a Aliança. "Apesar das diferenças, há sempre lugar para as negociações e para a união dos países aliados", afirmou Jens Stoltenberg.  

Fim de acompanhamento

Teresa Banha | há 1 mês

Boa noite. Terminamos aqui o acompanhamento AO MINUTO dos principais acontecimentos relacionados com a invasão das tropas russas na Ucrânia. Continuaremos o acompanhamento na manhã de quarta-feira. Até amanhã.

Kremenchuk. Número de mortos sobe para 20

Teresa Banha | há 1 mês

O número de mortos que resultaram do ataque russo num centro comercial em Kremenchuk, na Ucrânia, subiu, esta terça-feira, para 20. De acordo com as autoridades ucranianas, há pelo menos 59 feridos.

Presidente da câmara de Kherson preso pelas forças russas

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente da Câmara de Kherson foi, esta terça-feira, preso pelas forças russas e seus aliados separatistas que ocupam aquela cidade no sul da Ucrânia, anunciou o adjunto da administração de ocupação, Kirill Stremoussov.

Ucrânia. Presidente da Câmara de Kherson preso pelas forças russas

O presidente da Câmara de Kherson foi hoje preso pelas forças russas e seus aliados separatistas que ocupam aquela cidade no sul da Ucrânia, anunciou o adjunto da administração de ocupação, Kirill Stremoussov.

Lusa | 23:18 - 28/06/2022

TEDH registou pedido formal interestadual de Kyiv contra Moscovo

Teresa Banha | há 1 mês

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) anunciou, esta terça-feira, que registou um pedido formal interestadual da Ucrânia contra a Rússia, um procedimento bastante raro para identificar violações de direitos humanos por Moscovo desde o início da invasão da Ucrânia.

TEDH registou pedido formal interestadual de Kyiv contra Moscovo

O Tribunal Europeu dos Direitos Humanos (TEDH) anunciou hoje que registou um pedido formal interestadual da Ucrânia contra a Rússia, um procedimento bastante raro para identificar violações de direitos humanos por Moscovo desde o início da invasão da Ucrânia.

Lusa | 23:00 - 28/06/2022

Na diplomacia gastronómica da NATO, a vitória foi da salada russa

Teresa Banha | há 1 mês

Diplomatas, jornalistas e governantes foram surpreendidos, esta terça-feira, no recinto da cimeira da NATO, em Madrid, quando viram que uma das entradas disponibilizadas no menu era, nada mais nada menos, que uma salada russa.

Na diplomacia gastronómica da NATO, a vitória foi da salada russa

O prato levantou algumas questões na cimeira de Madrid, mas esgotou passadas poucas horas.

Notícias ao Minuto | 22:38 - 28/06/2022

Putin pretende relações "com forças" que controlam situação

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente russo Vladimir Putin, no decurso de uma visita oficial ao vizinho Tajiquistão, assegurou, esta terça-feira, que a Rússia está ativamente envolvida na "normalização" da situação no Afeganistão após sublinhar a "responsabilidade" de Moscovo na região.

Afeganistão. Putin pretende relações "com forças" que controlam situação

O Presidente russo Vladimir Putin, no decurso de uma visita oficial ao vizinho Tajiquistão, assegurou hoje que a Rússia está ativamente envolvida na "normalização" da situação no Afeganistão após sublinhar a "responsabilidade" de Moscovo na região.

Lusa | 21:07 - 28/06/2022


  

Vídeo em Kremenchuk. "O míssil russo atingiu deliberadamente o local"

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente da Ucrânia partilhou, esta terça-feira, as imagens de um dos mísseis que atingiu o centro comercial em Kremenchuk. O ataque russo matou pelo menos 18 pessoas, e já foi condenado por grande parte da comunidade internacional

"Para que ninguém se atreva a enganar-se sobre o ataque com mísseis no centro comercial de Kremenchuk. O míssil russo atingiu deliberadamente o local", afirmou Volodymyr Zelensky, no seu discurso habitual diário.

"Queriam matar o maior número de pessoas numa cidade tranquila", acrescentou, dando conta de que pelo menos 2.811 mísseis já atingiram as cidades ucranianas. As declarações surgem depois de representantes do ministério da Defesa da Rússia terem dito que o alvo não era o shopping, mas sim uma fábrica nos arredores que, alegadamente, tinha armas armazenadas. 

Também esta noite o chefe de Estado da Ucrânia se dirigiu ao Conselho de Segurança da ONU, solicitando não só uma investigação ao ataque, como também a presença de um representante da organização, ou mesmo do "secretário geral".

Rússia ataca Dnipropetrovsk, mas situação é "controlada", diz responsável

Teresa Banha | há 1 mês

O dirigente da administração militar de Kryvyi Ri, cidade localizada na região de  Dnipropetrovsk, disse, esta terça-feira, que as forças russas estavam a atacar a região, mas que a situação estava "controlada".

"A situação continua bastante apreensiva na nossa direção, mas completamente controladas. O inimigo continua a sofrer baixas em termos de militares e equipamento", escreveu Oleksandr Vilkul  numa mensagem partilhada no Telegram.

De acordo com o responsável, há registo de pelo menos um ferido, um civil, de 31 anos.

17 ucranianos regressam a casa em nova troca de prisioneiros de guerra

Teresa Banha | há 1 mês

Mais 17 prisioneiros de guerra ucranianos foram libertados, esta terça-feira, de acordo com representantes do Ministério da Defesa da Ucrânia.

"16 membros do exército ucraniano, incluindo dois oficiais e 14 soldados, regressaram a casa. Um civil foi também libertado", ecsreveram os responsáveis numa mensagem partilhada no Telegram.

Ainda de acordo com a mesma informação, cinco destes prisioneiros estão feridos.

Zelensky pede que se investigue ataque a centro comercial

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, sugeriu, esta terça-feira, ao Conselho de Segurança da ONU que envie "uma comissão de inquérito" para provar que o centro comercial de Krementchuk foi destruído por mísseis russos.

Zelensky pede que se investigue ataque a centro comercial

O Presidente ucraniano Volodymyr Zelensky sugeriu hoje ao Conselho de Segurança (CS) da ONU que envie "uma comissão de inquérito" para provar que o centro comercial de Krementchuk foi destruído por mísseis russos.

Lusa | 21:05 - 28/06/2022

Stephen King. "Ataques russos a alvos civis são ataques terroristas"

Teresa Banha | há 1 mês

O escritor Stephen King escreveu, esta terça-feira, sobre a invasão das tropas russas na Ucrânia. "Os ataques russos a  alvos civos são, no fundo, ataques terroristas", partilhou o escritor no Twitter.

Autarca de Kyiv pede mais armas e diz que Rússia não vai parar na Ucrânia

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente da câmara de Kyiv reiterou, esta terça-feira, que a Ucrânia não seria o único país que as tropas russas iam invadir. "Acordem. Isto está a acontecer "agora. Vocês são os próximos", disse aos jornalistas, citado pelas publicações internacionais. 

"Isto vai bater à vossa porta num abrir e fechar de olhos", afirmou, pedindo, mais uma vez, que as forças aliadas fornecessem  a Ucrânia "com aquilo que fosse preciso" para "para o exército de Putin", referindo-se a armamento.

"O chamado mundo livre vai ser afetado. E a NATO e as sociedades precisam de aprender a agir depressa", rematou o autarca.

 

Biden considera convite a Suécia e Finlândia na NATO "um passo crucial"

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente dos Estados Unidos congratulou a Finlândia, a Suécia e a Turquia pelo acordo anunciado esta terça-feira.

"É um passo crucial para a NATO convidar a Finlândia e a Suécia, que vão fortalecer a nossa Aliança e reforçar a nossa segurança coletiva", escreveu Joe Biden numa mensagem partilhada no Twitter. "Que forma maravilhosa de começar a cimeira", rematou.

Primeira-ministra sueca sobre 'luz verde' turca: "Passo muito importante"

Teresa Banha | há 1 mês

A primeira-ministra da Suécia, Magdalena Andersson, considerou, esta terça-feira, que a 'luz verde' da Turquia na adesão do país - e também da Finlândia - era "um passo muito importante, avança a agência France Press.

 

Charles Michel reage a retirada de veto. "Manterá pessoas em segurança"

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente da Comissão Europeia assinalou, esta terça-feira, a eventual entrada da Finlândia e da Suécia na NATO, anunciada pelo presidente finlandês ao ao início desta noite.

"Dou as boas vindas à assinatura do acordo trilateral entre a Finlândia, Suécia e Turquia, que abre caminho para a adesão da Finlândia e da Suécia à NATO", escreveu Charles Michel numa mensagem partilhada no Twitter.

"Uma NATO unida vai manter as pessoas em segurança e facilitar a cooperação com a União Europeia", acrescentou.

Erdogan obteve "plena cooperação" de Finlândia e Suécia contra o PKK

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente turco Recep Tayyip Erdogan obteve a "plena cooperação" da Finlândia e da Suécia contra os combatentes curdos do PKK e aliados, e deu o seu acordo à entrada na NATO dos dois países nórdicos, indicou, esta terça-feira, a presidência turca.

Erdogan obteve "plena cooperação" de Finlândia e Suécia contra o PKK

O Presidente turco Recep Tayyip Erdogan obteve a "plena cooperação" da Finlândia e da Suécia contra os combatentes curdos do PKK e aliados, e deu o seu acordo à entrada na NATO dos dois países nórdicos, indicou hoje a presidência turca.

Lusa | 20:08 - 28/06/2022

Ação de recrutamento da Sonae abrangeu cerca de 120 refugiados

Teresa Banha | há 1 mês

A ação de recrutamento que a Sonae realizou, esta terça-feira, em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, destinada a refugiados ucranianos, atraiu cerca de 120 pessoas, disse à Lusa fonte oficial da empresa.

Ucrânia: Ação de recrutamento da Sonae abrangeu cerca de 120 refugiados

A ação de recrutamento que a Sonae realizou hoje em Vila Nova de Gaia, no distrito do Porto, destinada a refugiados ucranianos, atraiu cerca de 120 pessoas, disse à Lusa fonte oficial da empresa.

Lusa | 19:49 - 28/06/2022

"Há sempre lugar para as negociações e para a união dos países aliados"

Teresa Banha | há 1 mês

O secretário-geral da NATO confirmou, esta terça-feira, que a Turquia apoia a adesão da Finlândia e da Suécia à Aliança, depois de uma forte oposição inicial. 

"Apesar das diferenças, há sempre lugar para as negociações e para a união dos países aliados", afirmou Jens Stoltenberg.

O responsável explicou ainda que a formalização do convite será feita na quarta-feira. Após o convite, será necessária a ratificação por parte de todos os países.

"A Finlândia e a Suécia tornarão a NATO mais forte", diz Stoltenberg

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, anunciou hoje que a Turquia levantou o seu veto à adesão da Finlândia e da Suécia à Aliança Atlântica, após a assinatura de um memorando que "responde às preocupações" de Ancara.

Lusa | 20:06 - 28/06/2022

 

Turquia dá 'luz verde' para Finlândia e Suécia na NATO

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente finlandês, Sauli Niinistö, confirmou, esta terça-feira, que o governo turco apoia a entrada da Finlândia e da Suécia na NATO, depois das negociações no primeiro dia da cimeira da aliança em Madrid, avança a agência France Press.

Oligarca russo considera "erro colossal" a "guerra" movida pelo Kremlin

Teresa Banha | há 1 mês

O oligarca e empresário russo Oleg Deripaska considerou, esta terça-feira, um "erro colossal" o conflito na Ucrânia, onde a Rússia desencadeou uma vasta ofensiva em fevereiro, afirmações de rara virulência de um representante da elite russa.

Oligarca russo considera "erro colossal" a "guerra" movida pelo Kremlin

O oligarca e empresário russo Oleg Deripaska considerou hoje um "erro colossal" o conflito na Ucrânia, onde a Rússia desencadeou uma vasta ofensiva em fevereiro, afirmações de rara virulência de um representante da elite russa.

Lusa | 19:07 - 28/06/2022

EUA sancionam 5 empresas chinesas por apoiarem esforço de guerra russo

Teresa Banha | há 1 mês

A administração do presidente norte-americano Joe Biden afirmou, esta terça-feira, que iria colocar 36 empresas numa lista negra para transações comerciais, incluindo cinco empresas chinesas acusadas de apoiar e fornecer a base militar e defensiva da Rússia, ao longo da guerra na Ucrânia.

EUA sancionam 5 empresas chinesas por apoiarem esforço de guerra russo

As empresas sediadas na China fazem parte de uma lista negra de 36 entidades apontadas por Washington como fornecedoras do esforço militar de Moscovo.

Notícias ao Minuto | 19:01 - 28/06/2022

Biden diz que aliança está a fortalecer-se em "terra, mar e ar"

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse, esta terça-feira, que a "unidade transatlântica" é "a maior força" contra a Rússia e que a NATO está a fortalecer-se em "terra, mar e ar" para responder a ameaças.

NATO: Biden diz que aliança está a fortalecer-se em "terra, mar e ar"

O Presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, disse hoje que a "unidade transatlântica" é "a maior força" contra a Rússia e que a NATO está a fortalecer-se em "terra, mar e ar" para responder a ameaças.

Lusa | 18:20 - 28/06/2022

Kuleba diz que OSCE têm de "fazer escolha"

Teresa Banha | há 1 mês

O ministro da Defesa da Ucrânia considerou, esta terça-feira, que a Organização para a Segurança e Cooperação na Europa (OSCE) "precisa fazer uma escolha", no âmbito de uma conferência que decorre esta terça-feira quarta-feira, em Viena.

"[...] A OSCE precisa de escolher: permitir que a Rússia destrua a OSCE ou arranjar uma forma de suspender a Rússia. Os nossos compromissos com os Acordos de Helsínquia têm de prevalecer a força bruta que os procura destruir [aos acordos]", escreveu Dmitry Kuleba no Twitter.

G7 conseguirá teto ao preço dos combustíveis? Índia e China podem ajudar

Teresa Banha | há 1 mês

Os líderes do G7 terão tido discussões promissoras com os líderes da China e da Índia acerca da eventualidade colocarem um teto ao preço dos combustíveis russos, avança a Reuters, que cita fonte próxima.

Recorde-se que já esta terça-feira, à margem da cimeira da NATO, que decorre em Madrid entre esta terça-feira e quinta-feira, o secretário geral da Aliança confessou estar "desiludido" coma  posição que a China tomou em relação ao conflito que decorre no leste europeu. Apesar de sublinhar que não vê o país como "adversário", Jens Stoltenberg referiu que a China e a Rússia estão "mais próximas do que nunca".

Bulgária retalia a expulsa 70 diplomatas russos

Teresa Banha | há 1 mês

O primeiro-ministro da Bulgária anunciou, esta terça-feira, a redução de 70 diplomatas russos do país. De acordo com um comunicado citado pelas publicações internacionais, o número de diplomatas búlgaros na Rússia expulsos pelo Kremlin terá sido o mesmo.

Já a Reuters explica que esta redução está relacionada com preocupações relacionadas com espionagem. Os diplomatas terão de sair do país até 2 de julho.

Ucrânia: Bulgária anuncia expulsão de 70 diplomatas russos

A Bulgária vai expulsar 70 membros do pessoal diplomático russo, anunciou hoje o primeiro-ministro, Kiril Petkov.

Lusa | 22:52 - 28/06/2022

Roscosmos partilha coordenadas de locais que "trabalham para inimigo"

Teresa Banha | há 1 mês

A agência espacial da Rússia publicou, esta terça-feira, as coordenadas de várias instituições de defesa ocidentais, incluindo o Pentágono e também a localização da cimeira da NATO, que decorre entre esta terça-feira e quinta-feira.

Numa mensagem partilhada no Telegram, os responsáveis da Roscosmos escrevem ainda que os aliados ocidentais estão a trabalhar para o "inimigo da Rússia", referindo-se à Ucrânia.

Agência russa envia coordenadas de Defesas "inimigas". "Só para o caso"

Partilha acontece no mesmo dia em que a NATO se reúne em Madrid. "Vão declarar a Rússia como o seu pior inimigo", escreve o representante da Roscosmos.

Teresa Banha | 21:21 - 28/06/2022

 

 

Forças separatistas russófonas afirmam controlar 30% de Lysychansk

Teresa Banha | há 1 mês

As forças separatistas russófonas já controlam 30% da cidade de Lysychansk juntamente com o exército russo, indicou, esta terça-feira, Rodion Miroshnik, representante na Rússia das autoridades secessionistas de Lugansk.

Forças separatistas russófonas afirmam controlar 30% de Lysychansk

As forças separatistas russófonas já controlam 30 por cento da cidade de Lysychansk juntamente com o exército russo, indicou hoje Rodion Miroshnik, representante na Rússia das autoridades secessionistas de Lugansk.

Lusa | 17:32 - 28/06/2022

Universidade de Cambridge vai oferecer até 20 bolsas a ucranianos

Teresa Banha | há 1 mês

A Universidade Cambridge, no Reino Unido, disponibilizou 20 bolsas de investigação para estudantes ucranianos que tenham fugido da guerra.

"A continuação do  trabalho dos estudantes ou investigadores apesar da guerra será uma vitória tanto para a Ucrânia como para a comunidade científica", disse uma das responsáveis da universidade, citada pela Sky News

Zelensky agradece a Sean Penn pela produção de documentário

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente da Ucrânia agradeceu, esta terça-feira, a Sean Penn pelo apoio ao país e aos civis. "Sean, obrigado por apoiar o nosso Estado e as nossas pessoas", começou por escrever numa mensagem partilhada no Telegram, acrescentando: "Em breve todo o mundo vai poder ver a verdade sobre esta guerra”.

Recorde-se que o ator e realizador reuniu-se com Volodymyr Zelensky no dia em que as tropas russas invadiram a Ucrânia. Penn comprometeu-se a realizar um documentário sobre a invasão.

Ucrânia diz que Rússia atacou região de Dnipropetrovsk

Teresa Banha | há 1 mês

O governador de Dnipropetrovsk acusou, esta terça-feira, a Rússia de atacar várips locais na região. "Enorme ataque na região de Dnipropetrovsk. Seis mísseis", escreveu numa mensagem no Telegram.

De acordo com Valentyn Reznichenko, a Ucrânia foi capaz de abater três mísseis russos, no entanto, na zona do rio Dnieper e no distrito de Synelnykiv terão havido grandes destruições nos caminhos de ferro e em instalações industriais. O responsável não adianta se há - e quantos - feridos, no entanto, diz que os bombeiros ainda estão à procura de civis nos escombros.

Centro comercial Kremenchuck. O ataque visto de um parque a 500 metros

Teresa Banha | há 1 mês

Várias pessoas foram filmadas no momento do ataque ao centro comercial de , na Ucrânia, que decorreu na segunda-feira e causou pelo menos 18 mortos.

O momento em que o ataque ao centro comercial de Kremenchuck, na Ucrânia, ocorreu - causando, pelo menos, 18 mortos - foi registado pelas câmaras de vigilância de um parque nos arredores. No local, que a Sky News diz ser o parque Misʹky, a cerca de 500 metros de distância do estabelecimento, é possível ver uma nuvem de fumo decorrente daquele que se pensa ter sido o primeiro míssil a atingir o centro comercial. É também possível ver alguns estilhaços a cair, assim como um homem chega mesmo a refugiar-se dentro do lago. 

Veja as imagens:

Cimeira da NATO. Biden considera Espanha um "parceiro indispensável"

Teresa Banha | há 1 mês

O presidente dos Estados Unidos e o primeiro-ministro de Espanha deram, esta terça-feira, uma conferência de imprensa conjunto, em Madrid. 

À margem da cimeira da NATO, que decorre entre esta terça-feira e quinta-feira, os dois líderes mostraram-se dispostos a discutir vários assuntos, entre os quais as relações comerciais entre os dois países e o combate à imigração ilegal do Norte de África. Joe Biden sublinhou que Espanha era "um parceiro indispensável" e que ao recebia a cimeira da NATO num "momento-chave".

Putin viaja até Bali para cimeira do G20? Draghi diz que não

Teresa Banha | há 1 mês

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, disse, esta terça-feira, que a participação presencial do presidente russo, Vladimir Putin, na próxima cimeira do G20, em Bali, foi descartada pela presidência indonésia do organismo.

Itália diz estar excluída participação presencial de Putin cimeira do G20

O primeiro-ministro italiano, Mario Draghi, disse hoje que a participação presencial do Presidente russo, Vladimir Putin, na próxima cimeira do G20, em Bali, foi descartada pela presidência indonésia do organismo.

Lusa | 16:34 - 28/06/2022

Fabricante de bebidas alcoólicas encerra operações na Rússia

Teresa Banha | há 1 mês

A fabricante de bebidas alcoólicas Diageo anunciou, esta terça-feira, que vai encerrar na Rússia, avança a Reuters.

"Vamos continuar a tentar apoiar os nossos funcionários", garantiu um porta voz da empresa. De acordo com o que uma fonte próxima disse à Reuters, a empresa, que parou de exportar e vender bens no país em março. deverá obter uma licença comercial, que obrigará a manter um determinado número de funcionários.

A empresa é responsável pela fabricação de bebidas das marcas Smirnoff,  Johnnie Walker ou Guiness.

Maior fabricante de bebidas alcoólicas do mundo de saída da Rússia

Empresa comunicou o encerramento das operações comerciais no país liderado por Vladmir Putin.

Notícias ao Minuto | 17:18 - 28/06/2022

Stoltenberg desiludido. "China e Rússia estão mais próximas do que nunca"

Teresa Banha | há 1 mês

O secretário-geral da Organização do Tratado do Atlântico Norte (NATO) disse, esta terça-feira, que estava "desiludido" com a posição que a China tinha perante o conflito no leste europeu.

"Não consideramos a China como adversária, mas estamos desiludidos pela China não ter condenado a invasão das tropas russas na Ucrânia, pelo país espalhar falsas narrativas distorcidas sobre a NATO - e o Ocidente - e também porque a China e a Rússia estão mais próximas agora do que nunca", afirmou Jens Stoltenberg à margem da cimeira da Aliança, em Madrid.

De acordo coma  Reuters, o responsável referiu ainda que o pais presidido por Xi Jinping seria, em breve, a maior economia do mundo, e que eram precisas haver conversações entre os líderes do país e representantes da NATO acerca de questões como as alterações climáticas.

Ouro, petróleo e reconstrução de Kyiv. G7 reforça sanções

Teresa Banha | há 1 mês

O grupo dos sete países mais industrializados (G7) reforçou a condenação da Rússia pela invasão da Ucrânia e as sanções contra Moscovo. As medidas foram discutidas durante três dias, pelos líderes dos Estados Unidos, Canadá, Japão, Reino Unido, França, Alemanha e Itália, numa reunião de três. Também a presidente da Comissão Europeia, Ursula Von der Leyen e o presidente da Comissão Europeia, Charles Michel, estiveram presentes.

Este encontro, que aconteceu na Alemanha, realizou-se dias antes da cimeira da NATO, que decorre entre esta terça-feira e até quinta.

Líderes do G7 reforçam sanções contra Moscovo e apoio a Kyiv

O grupo dos sete países mais industrializados (G7) reforçou a condenação da Rússia pela invasão da Ucrânia e as sanções contra Moscovo, numa reunião de três dias que antecedeu a cimeira da NATO em Madrid.

Lusa | 15:18 - 28/06/2022

Lavrov. Quanto mais armas o ocidente enviar, mais tempo guerra durará

Marta Amorim | há 1 mês

O Ministro dos Negócios Estrangeiros russo disse hoje que quanto mais armas o ocidente enviar para a Ucrânia, mais tempo durará o conflito, segundo noticia o The Guardian.

Em declarações aos jornalistas durante uma visita ao Turquemenistão, dsse ainda que a Rússia não atacou o centro comercial na cidade ucraniana de Kremenchuk, referindo-se ao ataque desta segunda-feira vitimou pelo menos 18 pessoas.
 


 

O que se passou hoje?

Marta Amorim | há 1 mês
  • Rússia diz que atacou depósito de armas e não o centro comercial. Ataque a centro comercial foi "detonação de munições armazenadas para armas ocidentais", diz Rússia, que afirma que explosões foram colaterais.

  • Líderes do G7 de acordo para limitar preço do petróleo russo. Os líderes do G7 chegaram a acordo para se estabelecer um preço máximo para o petróleo russo e atingir, assim, uma importante fonte de receitas de Moscovo, disse hoje um alto funcionário norte-americano.
  • Rússia impõe sanções à mulher e filha de Joe Biden. A mulher e a filha de Joe Biden, o presidente dos Estados Unidos - bem como outras figuras proeminentes dos Estados Unidos -  entraram na lista das personalidades sancionadas pela Rússia, avança a agência Reuters. A sanção impede a entrada no país.  
  • "Guerra só terminará quando ucranianos se renderem", diz Moscovo. A Rússia anunciou hoje que só terminará a sua ofensiva na Ucrânia, iniciada há mais de quatro meses, quando as autoridades de Kyiv e o exército ucraniano se renderem e aceitarem "todas as condições" russas.

  • Líderes do G7 querem fazer a Rússia pagar pela guerra. Os líderes do G7 comprometeram-se a aumentar os custos para a Rússia da guerra na Ucrânia, anunciou hoje o chanceler alemão, Olaf Scholz, reiterando que o líder russo, Vladimir Putin, não pode sair do conflito como vencedor.
      

Pianista russo Boris Berman homenageia Ucrânia em Óbidos

Marta Amorim | há 1 mês

O festival que anualmente traz a Óbidos pianistas de vários países do mundo retoma este ano o modelo pré-pandemia de covid-19, abrindo as portas ao público para 12 concertos que terão lugar nos concelhos de Óbidos e Caldas da Rainha (no distrito de Leiria) e que encerram com um espetáculo no Museu do Oriente, em Lisboa.

Na sua 27.ª edição, a SIPO homenageia a Ucrânia, destacando como ponto altos o a atuação do pianista russo Boris Berman, num concerto "de apoio ao povo ucraniano e a favor da paz", agendado para o dia 02 de agosto.

Pianista russo Boris Berman homenageia Ucrânia em Óbidos

A Semana Internacional de Piano (SIPO) vai decorrer em Óbidos, de 27 de julho a 10 de agosto, numa edição especial de homenagem à Ucrânia, protagonizada pelo pianista russo Boris Berman.

Dina Aleixo | 15:02 - 28/06/2022

Guerra entre o Reino Unido e Rússia? "Acho que não chegará a esse ponto"

Marta Amorim | há 1 mês

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, considerou esta terça-feira que não acredita que o Reino Unido possa entrar em guerra com a Rússia.

 “Acho que não chegará a esse ponto e é evidente que estamos a trabalhar arduamente para garantir que confinamos isto à Ucrânia”, disse aos jornalistas quando questionado se se estava a preparar para uma guerra, na cimeira do G7, que decorre na Alemanha.

Guerra entre o Reino Unido e Rússia? "Acho que não chegará a esse ponto"

Em causa está o facto de o chefe do exército britânico ter afirmado que os soldados devem estar “prontos para lutar e vencer” Putin a qualquer altura.

Márcia Guímaro Rodrigues | 14:44 - 28/06/2022

  

Presidente da Câmara de Kherson terá sido preso por forças russas

Marta Amorim | há 1 mês

As forças russas terão prendido esta terça-feira o presidente da câmara de Kherson, Igor Kolykhaev, avança o The Guardian.

A informação foi avançada por uma assessora do autarca - Galina Lyashevskaya, - que fez um post no Facebook.

“Eles levaram Igor Kolykhaev”.

Lavrov vai participar em reunião do G20 na próxima semana

Marta Amorim | há 1 mês

O ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia, Sergei Lavrov, irá participar numa reunião do G20 com os seus homólogos, que se realizará em Bali, na próxima semana. A informação foi confirmada por pelo porta-voz da embaixada da Rússia em Jacarta à agência de notícias Reuters.

A reunião de ministros dos Negócios Estrangeiros do G20 realiza-se entre os dias 7 e 8 de julho.

Na segunda-feira, o presidente russo, Vladimir Putin, confirmou que aceitou o convite do seu homólogo indonésio, Joko Widodo, para participar na cimeira de líderes do G20, que decorre entre os dias 15 e 16 de novembro, também em Bali, segundo revelou Yury Ushakov, assessor de Putin à agência de notícias russa Interfax.

Macron recusa qualificar Rússia como Estado terrorista

Marta Amorim | há 1 mês

O Presidente francês, Emmanuel Macron, recusou hoje qualificar a Rússia como um Estado patrocinador do terrorismo, como pediu o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, aos Estados Unidos.
  

Macron recusa qualificar Rússia como Estado terrorista

O Presidente francês, Emmanuel Macron, recusou hoje qualificar a Rússia como um Estado patrocinador do terrorismo, como pediu o seu homólogo ucraniano, Volodymyr Zelensky, aos Estados Unidos.

Lusa | 13:42 - 28/06/2022

"Guerra só terminará quando ucranianos se renderem", diz Rússia

Anabela Sousa Dantas | há 1 mês

A Rússia anunciou hoje que só terminará a sua ofensiva na Ucrânia, iniciada há mais de quatro meses, quando as autoridades de Kiev e o exército ucraniano se renderem e aceitarem "todas as condições" russas. "O lado ucraniano pode terminar [a guerra] dentro de um dia", disse o porta-voz do Kremlin (presidência russa), Dmitri Peskov, citado pela agência noticiosa francesa AFP.

G7 decide aumentar a pressão sobre a Rússia

Marta Amorim | há 1 mês

Os líderes do G7 dizem-se unidos para apoiar a Ucrânia durante "o tempo que for preciso", à medida que a invasão russa se prolonga, e disseram que iriam explorar medidas para, a longo prazo, limitar as receitas do Kremlin provenientes das vendas de petróleo. 

A declaração final da cimeira na Alemanha sublinhou a sua intenção de impor "custos económicos severos e imediatos" à Rússia mas Deixou de fora pormenores sobre como funcionariam na prática os limites de preços dos combustíveis fósseis. "Putin não deve ganhar esta guerra", disse Scholz numa conferência de imprensa após a cimeira do G7 em Elmau, no sul da Alemanha.

"Permanecemos firmes no nosso compromisso de uma coordenação sem precedentes em matéria de sanções durante o tempo necessário, agindo em uníssono em todas as fases", disseram os líderes, citados pela AFP.

Presidente turco deverá reunir-se hoje ou na quarta-feira com Biden

Marta Amorim | há 1 mês

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, anunciou hoje que se deverá reunir com o seu homólogo norte-americano, Joe Biden, ainda esta noite ou na quarta-feira, em Madrid, antes do início da cimeira da NATO.
  

"Precisamos de um plano", diz Scholz sobre guerra na Ucrânia

Marta Amorim | há 1 mês

"Concordamos que o presidente Putin não deve ganhar esta guerra, e continuaremos a apoiar e a impulsionar o custo elevado, económico e político, desta guerra para o presidente Putin", disse hoje Olaf Scholz.

Dirigindo-se aos líderes europeus, o chanceler alemão disse que, para além de fornecer apoio humanitário e militar, é necessário mobilizar dinheiro adicional para a reconstrução a longo prazo da Ucrânia.

"Precisamos de um plano", disse Scholz. "Isto precisa de ser bem planeado, e bem desenvolvido".

"Precisamos de um plano", diz Scholz sobre guerra na Ucrânia

O chanceler alemão Olaf Scholz disse que o G7 "está unido no seu apoio à Ucrânia".

Notícias ao Minuto | 12:17 - 28/06/2022

Ativista russo Ilia Yashin condenado a 15 dias de prisão

Marta Amorim | há 1 mês

Ilya Yashin foi condenado a 15 dias de prisão hoje por um tribunal russo depois de ontem à noite o ativista ter sido detido em Moscovo, enquanto passeava com um amigo. 

Ilya Yashin é um deputado do distrito de Krasnoselsky, em Moscovo, e tem-se manifestado contra a invasão russa da Ucrânia. 

NATO diz ser preciso “mais equipamento pré-posicionado”

Marta Amorim | há 1 mês

Numa conferência de imprensa dada há minutos com Pedro Sánchez, líder do governo de Espanha, Jens Stoltenberg reiterou  ser importante que os aliados se mantenham “juntos”, tendo em conta que a guerra, disse, nos leva a “um mundo imprevisível”.

“A Ucrânia está a enfrentar uma brutalidade que só foi vista na Europa durante a II Guerra Mundial”, realçou o secretário-geral da NATO. 

O responsável da NATO asseverou a necessidade de haver “mais forças de prontidão e mais equipamento pré-posicionado”, antecipando a negociação de um “acordo sobre um pacote de assistência à Ucrânia” para que esta tenha a capacidade de  “conquistar o direito à autodefesa”.

O presidente do Governo espanhol agradeceu o trabalho técnico da equipa da NATO ao longo destes meses, garantindo que a aliança se mantenha ainda mais unida.

 

G7 vão enviar mensagem clara à Rússia antes da cimeira da NATO

Marta Amorim | há 1 mês

O chanceler alemão, Olaf Scholz, cujo país detém a presidência rotativa das sete grandes potências, disse que com o início da invasão do país vizinho, Moscovo entrou num "ponto sem volta" com a comunidade internacional.

Poucas horas depois dessa declaração, os líderes do G7 condenaram o "abominável crime de guerra" contra o centro comercial da cidade ucraniana de Kremenchuk.

"Não descansaremos até que a Rússia ponha fim à sua guerra brutal e sem sentido", alertou em comunicado divulgado em Elmau, o castelo bávaro onde está a decorrer a cimeira.

Zelensky assinala 26.º aniversário da Constituição da Ucrânia

Marta Amorim | há 1 mês

O presidente ucraniano lembrou que, 26 anos após a adoção da Constituição, a Ucrânia continua a lutar pelo direito à “autodeterminação” e "independência".

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, assinalou o Dia da Constituição da Ucrânia, que se celebra esta terça-feira. Numa comunicação dirigida ao país, o chefe de Estado afirmou que a Constituição funciona como um raio-x que mostra “os pontos fortes e fracos” de um país. 

Frisando que “durante uma guerra em escala”, as “principais características” do povo ucraniano “são claramente visíveis”, Zelensky lembrou que, 26 anos após a adoção da Constituição, a Ucrânia continua a lutar pelo direito à “autodeterminação” e "independência".

Zelensky assinala 26.º aniversário da Constituição da Ucrânia

O presidente ucraniano lembrou que, 26 anos após a adoção da Constituição, a Ucrânia continua a lutar pelo direito à “autodeterminação” e "independência".

Notícias ao Minuto | 11:10 - 28/06/2022

21 pessoas ainda desaparecidas após ataque a Kremenchuk

Marta Amorim | há 1 mês

O ministro do Interior da Ucrânia, Denys Monastyrskiy, disse num briefing que 21 pessoas ainda estavam desaparecidas após o ataque ao centro comercial Kremenchuk.

"Temos os corpos de 18 pessoas, 21 pessoas ainda estão desaparecidas", disse Monastyrskiy, citado pelo The Guardian, acrescentando que algumas das pessoas desaparecidas poderiam estar entre os 18 corpos que foram encontrados.

UE condena veementemente novo ataque "hediondo" russo contra civis

Marta Amorim | há 1 mês

A União Europeia condenou hoje "nos termos mais veementes" o ataque com mísseis russos a um centro comercial na cidade ucraniana de Kremenchuk, que classifica como "mais um ato hediondo de uma série de ataques contra civis".

"Este é mais um ato hediondo numa série de ataques a civis e infraestruturas civis pelas forças armadas russas, incluindo os mais recentes ataques com mísseis a edifícios civis e infraestruturas em Kiev e noutras regiões. O contínuo bombardeamento de civis e alvos civis é repreensível e totalmente inaceitável, e equivale a crime de guerra", comentou o Alto Representante da UE para a Política Externa, Josep Borrell, em comunicado.

UE condena veementemente novo ataque "hediondo" russo contra civis

A União Europeia condenou hoje "nos termos mais veementes" o ataque com mísseis russos a um centro comercial na cidade ucraniana de Kremenchuk, que classifica como "mais um ato hediondo de uma série de ataques contra civis".

Lusa | 10:53 - 28/06/2022

"Assassinos e mentirosos". Kuleba reage a declarações russas sobre ataque

Marta Amorim | há 1 mês

No rescaldo das declarações do Ministério da Defesa russo, que informou que o ataque a um centro comercial na cidade de Kremenchuk, na região de Poltava, se tratou de um bombardeamento a “um depósito de armas recebidas dos Estados Unidos e da Europa” que alastrou para um centro comercial "encerrado", o ministro dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia, Dmytro Kuleba, teceu duras críticas ao país, que acusou ser uma nação de “assassinos e mentirosos”.

“É doentio ver as reações russas ao ataque no centro comercial de Kremenchuk. Cidadãos russos aplaudem nas redes sociais. Diplomatas e funcionários russos espalham teorias da conspiração insanas, negando que o ataque tenha acontecido. A Rússia é um país de assassinos e mentirosos”, escreveu o responsável, na rede social Twitter.

Rússia impõe sanções à mulher e filha de Biden

Marta Amorim | há 1 mês

A Rússia impôs sanções à mulher e filha do Presidente dos EUA Joe Biden, avança a Reuters.

Jill Biden e Ashley Biden estão entre os 25 cidadãos norte-americanos de uma lista alargada de sanções, de acordo com a agência noticiosa russa RIA Novosti.

Centro comercial? Rússia diz que atacou armazém de armas ocidentais

Anabela Sousa Dantas | há 1 mês

O Ministério da Defesa russo afirmou que o incêndio no centro comercial de Kremenchuk foi causado pela "detonação de um armazém com munições para armas ocidentais", uma justificação que dão sem apresentar qualquer prova, assim como aconteceu em instâncias anteriores. A afirmação foi feita no 'briefing' operacional diário do ministério.

No dia 27 de junho, na cidade de Kremenchuk, as forças aéreas russas lançaram um ataque com armas de alta precisão contra hangares com armas e munições entregues pelos Estados Unidos e por países europeus. Em resultado do ataque direcionado, as armas e munições ocidentais concentradas num armazém para posterior distribuição para as tropas ucranianas no Donbass foram atingidas. A explosão das munições para as armas ocidentais causou um incêndio num centro comercial encerrado localizado perto do armazém

Líderes do G7 de acordo para limitar preço do petróleo russo

Marta Amorim | há 1 mês

O G7 vai "pedir aos ministros que trabalhem urgentemente para desenvolver um limite máximo para os preços do petróleo, consultando países terceiros e o setor privado, com o objetivo de estabelecer esse limite máximo", disse a fonte oficial da Casa Branca sob a condição de não ser identificada, citada pela agência francesa AFP.

A informação foi dada em Elmau, no sul da Alemanha, poucas horas antes do fim da cimeira dos sete países mais industrializados do mundo, em que participa também a União Europeia (UE).

"Foi um inferno", relatam sobreviventes do ataque a centro comercial

Marta Amorim | há 1 mês

Um balanço atualizado pelo Serviço de Emergência da Ucrânia (SES) dá conta de que o ataque russo a um centro comercial na cidade de Kremenchuk, na região de Poltava, provocou, pelo menos, 18 mortos. A mesma fonte indica terem sido contabilizados 59 feridos, 25 dos quais internados em unidades de cuidados intensivos, tendo uma das vítimas mortais morrido, entretanto, no hospital. Os sobreviventes relataram um cenário ‘infernal’, naquele que esperavam ser apenas mais um dia no estabelecimento.

“Esta é a sexta vez que a cidade foi bombardeada” desde o início da invasão russa, detalhou o diretor do hospital de Kremenchuk, em declarações à agência Reuters. “Mas nunca [nenhum bombardeamento] atingiu tantas pessoas”, acrescentou.

"Foi um inferno", relatam sobreviventes do ataque a centro comercial

Os sobreviventes relataram um cenário 'infernal', naquele que esperavam ser apenas mais um dia no estabelecimento.

Notícias ao Minuto | 09:46 - 28/06/2022

Casa Branca. Fontes duvidam que Ucrânia consiga reconquistar territórios

Marta Amorim | há 1 mês

Os funcionários da Casa Branca duvidam que a Ucrânia consiga reconquistar os territórios perdidos para a Rússia durante a invasão, revelaram fontes à CNN International. 

Segundo a estação norte-americana, os conselheiros do presidente dos Estados Unidos da América (EUA), Joe Biden, já começaram a debater se o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, deverá mudar a sua definição de “vitória” e aceitar a possibilidade de o território da Ucrânia diminuir. 

No entanto, asseguraram os funcionários à CNN, os EUA não vão pressionar a Ucrânia a ceder territórios à Rússia com o objetivo de terminar a guerra que dura já há quatro meses. Segundo as fontes, “há esperança de que as forças ucranianas sejam capazes de recuperar partes significativas de território numa provável contra-ofensiva no final do ano”. 

"Putin e Lavrov não são diferentes de Hitler e Goebbels"

Marta Amorim | há 1 mês

O histórico centrista José Ribeiro e Castro socorreu-se das redes sociais para, esta segunda-feira, fazer saber a sua posição sobre a atualidade referente à guerra na Ucrânia - no dia em que foram encontrados mais de 100 cadáveres nos escombros de Mariupol.

 "Quando tudo for contado e tudo se souber, o horror mostrará toda a sua face", destacou.

"O Holocausto também só se soube depois, em toda a hedionda dimensão", acrescentou Ribeiro e Castro, ressalvando ainda que "Putin e Lavrov não são diferentes de Hitler e Goebbels".

Conversações de paz? "Preferia estar a jogar hóquei de gelo", disse Putin

Marta Amorim | há 1 mês

Vladimir Putin disse a Emmanuel Macron que preferia jogar hóquei no gelo a encontrar-se com Joe Biden. Declarações foram feitas numa última chamada para evitar a invasão da Ucrânia em fevereiro - apenas quatro dias antes do início da guerra. 

 O comentário deu-se a 20 de fevereiro, no final do telefonema, em mais uma tentativa infrutífera de Macron de impedir a Rússia de ir para a guerra.

O apelo terminou com o presidente francês a sugerir a Putin uma cimeira com Biden. Putin não se opôs, mas também não pareceu interessado em fixar uma data, insistindo que a reunião deveria ser totalmente preparada.

Conversações de paz? "Preferia estar a jogar hóquei de gelo", disse Putin

Declarações foram feitas durante um telefonema tenso com o presidente francês apenas quatro dias antes da invasão da Ucrânia.

Marta Amorim | 09:22 - 28/06/2022

Pelo menos 5 mortos em ataque a escola primária e residências de Kharkiv

Marta Amorim | há 1 mês

As forças russas bombardearam o centro da cidade ucraniana de Kharkiv, na segunda-feira, provocando a morte de, pelo menos, cinco pessoas. Outras 22 terão ficado feridas, naquele que foi um ataque que atingiu complexos de apartamentos e uma escola primária.

 Entre os feridos estarão cinco crianças, segundo revelou o governador da região, Oleh Synehubov, na rede social Telegram.

Pelo menos 5 mortos em ataque a escola primária e residências de Kharkiv

Entre os feridos estarão cinco crianças, segundo revelou o governador da região, Oleh Synehubov, na rede social Telegram.

Notícias ao Minuto | 09:17 - 28/06/2022

Aproximação da NATO à Crimeia poderá levar à 3.ª guerra, alerta Medvedev

Marta Amorim | há 1 mês

Qualquer tentativa de aproximação da NATO à Crimeia poderá resultar numa declaração de guerra por parte da Rússia, alertou o antigo presidente e atual vice-presidente do Conselho de Segurança da Rússia, Dmitry Medvedev, na segunda-feira.

 “Para nós, a Crimeia é parte da Rússia. E isso significa para sempre. Qualquer tentativa de invadir a Crimeia é uma declaração de guerra contra o nosso país", referiu o responsável, em entrevista ao jornal russo Argumenty i Fakty.

Bombardeamento russo em larga escala em Lisichansk

Marta Amorim | há 1 mês

O exército russo bombardeou em larga escala toda a região de Lugansk, no leste da Ucrânia, nas últimas horas, com maior incidência no enclave de Lisichansk, sob controlo ucraniano junto à fronteira com a Rússia.
  

Opositor russo Ilya Yashin detido em Moscovo

Marta Amorim | há 1 mês

O político russo Ilya Yashin, membro da oposição do Kremlin, foi detido em Moscovo, na segunda-feira. A detenção foi denunciada por um advogado e uma jornalista russa nas redes sociais.

Segundo Irina Babloyan, jornalista da extinta rádio Echo of Moscow, revelou que o opositor foi detido sem motivo aparente enquanto caminhavam juntos. “Estava a caminhar com o meu amigo, Ilya Yashin, no parque, em Khamovniki. A polícia chegou e levou-o numa direção desconhecida”, afirmou.

Opositor russo Ilya Yashin detido em Moscovo

Ilya Yashin é um deputado do distrito de Krasnoselsky e tem-se mostrado contra a invasão russa da Ucrânia. Advogado não está autorizado a visitá-lo.

Márcia Guímaro Rodrigues | 08:14 - 28/06/2022

Presidente da Indonésia a caminho de Kyiv para encontro com Zelensky

Marta Amorim | há 1 mês

O Presidente da Indonésia, que recebe este ano a cimeira do G20, vai reunir-se hoje, em Kyiv, como o homólogo da Ucrânia, numa tentativa de alcançar um cessar-fogo do conflito causado pela invasão da Rússia.
  

Forças ucranianas continuam a perturbar o comando russo

Marta Amorim | há 1 mês

"As forças ucranianas continuam a consolidar as suas posições em locais mais elevados da cidade de Lysychansk, depois de terem ficado para trás em Severodonetsk. As forças ucranianas continuam a perturbar o comando russo e o controlo com ataques sucessivos penetrando nas linhas de combate russas", indica o último relatório do Ministério da Defesa do Reino Unido sobre a guerra na Ucrânia.

Rússia mantém prisioneiros civis ucranianos incomunicáveis, diz ONG

Marta Amorim | há 1 mês

A Organização Mundial Contra a Tortura (OMCT) denunciou, esta segunda-feira, que as forças militares russas mantêm os prisioneiros civis ucranianos isolados e sem o direito de contactar as suas famílias e advogados.
  

Rússia mantém prisioneiros civis ucranianos incomunicáveis, diz ONG

A Organização Mundial Contra a Tortura (OMCT) denunciou, esta segunda-feira, que as forças militares russas mantêm os prisioneiros civis ucranianos isolados e sem o direito de contactar as suas famílias e advogados.

Lusa | 23:38 - 27/06/2022

Para recordar...

Marta Amorim | há 1 mês

Rússia entrou em 'default' pela primeira vez em 100 anos. A Rússia entrou em 'default', depois de falhar o pagamento de 100 milhões de dólares (cerca de 94,5 milhões de euros) em juros a detentores de dívida. A notícia é avançada pela Bloomberg, dando conta também que é a primeira vez que o incumprimento acontece em 100 anos. 

Encontrados mais de 100 cadáveres nos escombros de Mariupol. Mais de 100 cadáveres de civis foram encontrados entre os escombros de vários edifícios bombardeados pelo exército russo na cidade ucraniana de Mariupol, agora sob o controlo de Moscovo.

G7 prepara novas sanções onde se inclui teto ao preço do petróleo russo. O grupo dos países mais industrializados do mundo composto pela Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália, Japão e Reino Unido - prepara-se para impor na terça-feira, dia 28 de junho, um novo pacote de sanções contra a Rússia. 

Bruxelas vai enviar material de proteção especializado a pedido de Kyiv. A Comissão Europeia vai enviar para a Ucrânia equipamento de proteção especializada contra riscos nucleares, químicos, biológicos e radiológicos, que Kyiv tinha solicitado face ao atual conflito em curso no país, foi hoje anunciado

G7 condena "abominável" ataque russo contra centro comercial ucraniano. É no contexto deste novo ataque russo que os líderes do G7 voltam a sublinhar o seu "apoio inabalável à Ucrânia face à agressão russa, uma guerra de escolha injustificada que dura há já 124 dias".
  


 

 

 

Kremenchuk. Número de mortos em ataque a centro comercial sobe para 18

Marta Amorim | há 1 mês

O número de mortos de um ataque de mísseis russos na segunda-feira a um centro comercial na cidade ucraniana de Kremenchuk subiu para 18, segundo um balanço atualizado das autoridades locais.

Um total de 440 pessoas, incluindo 14 psicólogos, estão envolvidas nas operações.

Já são 18 as vítimas mortais do ataque a centro comercial em Kremenchuk

Foram ainda contabilizados 59 feridos, 25 dos quais hospitalizados em unidades de cuidados intensivos.

Notícias ao Minuto | 07:36 - 28/06/2022


  

Bom dia

Marta Amorim | há 1 mês

Damos início a um novo acompanhamento AO MINUTO da guerra na Ucrânia. Poderá recordar tudo o que aconteceu esta segunda-feira, na página abaixo:

AO MINUTO: Rússia é "organização terrorista"; Oito mortos em Lysychansk

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

Notícias ao Minuto | 08:00 - 27/06/2022

 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório