Meteorologia

  • 12 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 31º

Marcha do Orgulho LGBTI+ de Kyiv junta-se a marcha pela paz na Polónia

A Marcha do Orgulho LGBTI+ de Kyiv não se realizou hoje nas ruas da capital ucraniana, devido à invasão russa, mas sim em Varsóvia, na Polónia, onde o evento se transformou numa marcha pela paz.

Notícias ao Minuto

18:49 - 25/06/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

De acordo com a agência de notícias norte-americana Associated Press (AP), cerca de 300 ucranianos viajaram até à capital polaca para participarem na Marcha da Igualdade, considerado o maior evento dos direitos LGBTI+ da Europa central.

"Infelizmente, não podemos marchar em Kyiv", afirmou Maksym Eristavi, jornalista ucraniano e membro do conselho do KyivPride, referindo-se ao perigo de bombardeamentos russos na Ucrânia.

No entanto, Eristavi, que marchou envergando as bandeiras da Ucrânia e da União Europeia, classificou a iniciativa como uma manifestação "do orgulho em ser ucraniano e de sobreviver ao genocídio".

Também o diretor do KyivPride, Lenny Emson, citado pela AP, sublinhou que a iniciativa pretendeu chamar à atenção para os "direitos humanos básicos do povo ucraniano".

Os participantes ucranianos lideraram o desfile de hoje, em Varsóvia, a forma encontrada pela organização do evento polaco para dar visibilidade internacional à luta ucraniana pela liberdade.

"Queremos estar juntos contra a guerra, caminhar pela liberdade da Ucrânia, pela libertação, pela igualdade, tolerância e aceitação", disse Julia Maciocha, presidente da Parada da Igualdade da Polónia, país que acolhe mais de 250 mil ucranianos fugidos da guerra.

Leia Também: Ucrânia. Moscovo diz ter matado "até 80" combatentes polacos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório