Meteorologia

  • 10 AGOSTO 2022
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 26º

Após o Missouri, é a vez do Texas anunciar que baniu o direito ao aborto

Ken Paxton promete que trabalhará "incansavelmente para garantir" que a lei seja "totalmente aplicada e que a vida seja protegida no Texas".

Após o Missouri, é a vez do Texas anunciar que baniu o direito ao aborto
Notícias ao Minuto

00:13 - 25/06/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Aborto

Poucas horas depois do Missouri, o primeiro estado norte-americano a proibir completamente o direito da mulher a abortar, é a vez do Texas seguir os passos daquele estado norte-americano. 

O Texas é o segundo estado norte-americano a banir o direito ao aborto com o procurador-geral, Ken Paxton, a prometer que trabalhará "incansavelmente para garantir" que a lei seja "totalmente aplicada e que a vida seja protegida no Texas".

"As leis do Texas são claras – o aborto agora é ilegal no Estado da Estrela Solitária", escreveu ao final da noite desta sexta-feira. 

Recorde-se que o Supremo Tribunal anulou o processo 'Roe v. Wade', que tornou o aborto um direito constitucional em 1973. 50 anos depois, este direito é revertido e passa a estar nas mãos dos estados decidir se proíbem ou não a interrupção da gravidez. 

A medida da maioria de juízes conservadores no Supremo já era esperada, depois de ter sido divulgado em maio um rascunho sobre a intenção do principal tribunal norte-americano de reverter o processo.

Atualmente há 13 estados com as chamadas 'leis gatilho' que podem aprovar de imediato a proibição do aborto. Dois deles, o Missouri e o Texas, já confirmaram a decisão. 

Leia Também: Aborto? "Olhamos para isto no século XXI e pensamos que é impensável"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório