Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 23º

Ucrânia. G7 apresenta propostas para aumentar a pressão sobre Moscovo

A cimeira do Grupo dos 7 (G-7), no final de semana, na Alemanha, vai concluir com "um conjunto de propostas concretas para aumentar a pressão sobre a Federação Russa e mostrar um apoio coletivo à Ucrânia".

Ucrânia. G7 apresenta propostas para aumentar a pressão sobre Moscovo
Notícias ao Minuto

06:33 - 23/06/22 por Lusa

Mundo Ucrânia

O anúncio foi feito por um dirigente da Casa Branca, na quarta-feira, que não detalhou as medidas, depois de os ocidentais terem multiplicado os anúncios de sanções contra o regime de Vladimir Putin.

A mesma fonte indicou que a energia, cujo custo subiu acentuadamente no mundo, vai estar "no centro das discussões" entre os dirigentes de Alemanha, Canadá, EUA, França, Itália, Japão e Reino Unido.

Os sete chefes de Estado e governo "veem um conjunto de desafios comuns em termos de custo de vida para as suas populações" e, de forma geral, no mundo, nomeadamente em termos de energia e alimentação, indicou este dirigente, que não quis ser identificado.

As informações foram adiantadas durante um encontro com jornalistas consagrado à participação do presidente dos EUA, Joe Biden, nesta cimeira do G7, bem como na da NATO, que se realiza a seguir, em Espanha.

A Casa Branca adiantou ainda que o presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, vai intervir, de forma virtual, nas duas cimeiras.

Quanto à NATO, outra fonte da Casa Branca salientou que vai ser apresentado em Madrid um novo "conceito estratégico", que vai "mencionar, pela primeira vez, os desafios apresentados pela China".

Pequim vai ser tema também presente na cimeira do G7, que vai analisar as práticas consideradas "cada vez mais agressivas" da China em matéria económica e comercial.

A Casa Branca também mencionou o lançamento, durante o G7, de "uma parecia nas infraestruturas" destinada aos países menos desenvolvidos, que pretende ser uma resposta aos pesados investimentos chineses em todo o mundo.

Por outro lado, o G7 convidou África do Sul, Argentina, Índia, Indonésia e Senegal a fazerem-se representar na sua cimeira em Espanha.

Leia Também: Zelensky aceitou convite para reunião do G7

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório