Meteorologia

  • 24 JUNHO 2022
Tempo
22º
MIN 14º MÁX 24º

"Que responda pelos atos dele", diz Bolsonaro sobre ex-ministro detido

Em março, quando o caso da alegada prática de tráfico de influências foi divulgado, Bolsonaro afirmou que colocaria "a cara no fogo" por Milton Ribeiro, ex-ministro da Educação.

"Que responda pelos atos dele", diz Bolsonaro sobre ex-ministro detido

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, reagiu esta quarta-feira à detenção do ex-ministro da Educação, Milton Ribeiro. Em causa está a alegada prática de tráfico de influência e corrupção para a atribuição de recursos públicos, num caso que envolve ainda dois pastores evangélicos.

“Isso aqui, se tem prisão, é Polícia Federal (PF). É sinal de que a Polícia Federal está agindo”, começou por afirmar o chefe de Estado, em entrevista à rádio Itatiaia. 

“Ele que responda pelos atos dele. Peço a Deus que não tenha problema nenhum. Mas, se tem algum problema, a PF está agindo, está investigando, é um sinal que eu não interfiro na PF, porque isso aí vai respingar em mim, obviamente”, acrescentou.

A investigação da Polícia Federal começou depois de o jornal O Estado de S. Paulo ter divulgado, em março, informações de que os pastores Gilmar Santos e Arilton Moura estariam alegadamente a intermediar pedidos de prefeitos para atribuição de verbas públicas do Ministério da Educação em troca de subornos, com a anuência do ex-ministro. Na altura, Bolsonaro alegou “botar a cara no fogo” por Milton Ribeiro.

“O Milton, coisa rara de eu falar aqui. Eu boto minha cara no fogo pelo Milton, minha cara toda no fogo pelo Milton. Estão fazendo uma covardia com ele”, defendeu na altura.

Milton Ribeiro, de 64 anos, foi ministro da Educação do Brasil entre 16 de julho de 2020 e 28 de março de 2022, tendo pedido a demissão na sequência da divulgação do caso.

Leia Também: Ex-ministro e pastores evangélicos alvo de mandados de prisão no Brasil

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório