Meteorologia

  • 08 FEVEREIRO 2023
Tempo
10º
MIN 6º MÁX 12º

Texas. Professora fechou porta antes de tiroteio, mas porta não trancou

Uma professora fechou uma porta da escola primária Robb, em Uvalde, no estado norte-americano do Texas, quando percebeu que havia um atirador no campus do estabelecimento de ensino, adiantaram as autoridades texanas.

Texas. Professora fechou porta antes de tiroteio, mas porta não trancou

A comunicação foi feita pelo diretor do Departamento de Segurança Pública do Texas, Ravis Considine.

Inicialmente, a equipa de investigação do tiroteio disseram que a professora havia mantido a porta aberta antes de Salvador Ramos, de 18 anos, entrar no complexo escolar em 24 de maio.

Os investigadores não informaram na altura o que havia sido usado para abrir a porta.

Ravis Considine disse que a professora deixou a porta aberta, mas correu para dentro para buscar o seu telemóvel para ligar às forças de segurança, quando Salvador Ramos teve um acidente com a sua carrinha.

"Ela [professora] regressou enquanto estava ao telefone e ouviu alguém a gritar: 'Ele [Salvador Ramos] tem uma arma', ela não viu saltar a cerca e que ele tinha uma arma, então ela correu para dentro", removendo uma pedra que apoiava a porta, indicou Considine.

"Verificamos que ela fechou a porta. A porta não trancava. Sabemos disso e agora os investigadores está a investigar por que não bloqueou", acrescentou.

Um advogado disse ao San Antonio Express-News que a professora encerrou a porta depois de ter percebido que um atirador estava no local à solta.

"Ela viu os destroços [da carrinha]. Correu de volta para pegar no seu telemóvel para relatar o acidente. Voltou para telefonar ao 911 [número de emergência norte-americano]. Os homens da funerária [junto à escola] gritaram: 'Ele tem uma arma!'. Ela viu-o saltar a cerca e que tinha uma arma, então correu para dentro", disse Don Flanery.

"Ela chutou a pedra para longe quando voltou. Ela lembra-se de fechar a porta enquanto dizia ao 911 que ele estava a disparar. Pensou que a porta iria trancar, porque essa porta deveria estar sempre trancada", sustentou.

Don Flanery referiu ainda ao jornal que a professora tinha inicialmente aberto a porta para levar comida de automóvel para a sala de aula.

Em 24 de maio, Salvador Ramos matou 19 estudantes e duas professoras numa escola primária em Uvalde, no Texas.

Leia Também: Massacre no Texas. As imagens do primeiro funeral das vítimas de Uvalde

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório