Meteorologia

  • 03 JULHO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 29º

Tiroteios em escolas norte-americanas repetem-se ano após ano

Os Estados Unidos da América (EUA) são o único país desenvolvido onde os tiroteios em escolas se repetem ano após ano, como o que ocorreu hoje numa escola primária do Texas.

Tiroteios em escolas norte-americanas repetem-se ano após ano
Notícias ao Minuto

23:08 - 24/05/22 por Lusa

Mundo EUA

Eis uma lista com os tiroteios mais recentes, bem como os mais mortais da história:

- Uvalde, Texas, 24 de maio de 2022

Um jovem de 18 anos matou 14 alunos e um professor da Robb Elementary School, na cidade de Uvalde, localizada a cerca de 130 quilómetros de San Antonio, segundo o governador do Texas. O suspeito também está morto.

- Oxford, Michigan, 30 de novembro de 2021

Um adolescente de 15 anos matou quatro estudantes e feriu outros seis, além de um professor, nas imediações da escola secundária em Oxford, uma pequena cidade ao norte de Detroit. O autor do tiroteio foi acusado de "ato terrorista" e "assassinato" e os seus pais também foram processados.

- Santa Clarita, Califórnia, 14 de novembro de 2019

Um jovem de 16 anos comemorou o seu aniversário disparando contra estudantes na sua escola, matando dois colegas de turma e ferindo outros três antes de tentar o suicídio. As vítimas têm entre 14 e 15 anos.

- Santa Fé, Texas, 18 de maio de 2018

Um estudante de 17 anos dispara em 20 pessoas na sua escola: dois adultos e oito jovens morrem. O atirador foi preso.

- Parkland, Flórida, 14 de fevereiro de 2018

No Dia dos Namorados, um jovem de 19 anos, Nikolas Cruz, descarrega o seu fuzil semiautomático na Marjory Stoneman Douglas High School, da qual havia sido expulso por motivos disciplinares. Morreram 17 pessoas, a maioria adolescentes. O atirador foi preso.

- Benton, Kentucky, 23 de janeiro de 2018

Um estudante de 15 anos disparou e matou dois outros estudantes da mesma idade na Marshall County High School. Dezoito outras pessoas ficaram feridas por balas ou no caos criado pelo tiroteio.

- Roseburg, Oregon, 01 de outubro de 2015

Um estudante de 26 anos matou a tiros nove pessoas na Universidade de Umpqua. Ao ser ferido, deu um tiro na própria cabeça.

Oakland, Califórnia, 02 de abril de 2012

Um homem mata metodicamente sete pessoas na pequena Universidade Oikos, na Califórnia. O atirador, um ex-aluno de origem coreana, foi preso e morreu sete anos depois na prisão.

- Newtown, Connecticut, 14 de dezembro de 2012

Depois de disparar contra a sua mãe, um jovem de 20 anos, Adam Lanza, mata 26 pessoas, incluindo 20 crianças de 6 e 7 anos, na Sandy Hook Elementary School, cometendo suicídio em seguida. Os Estados Unidos continuam assombrados por este massacre por causa do elevado número de crianças mortas.

- Virginia Tech University, Virgínia, 16 de abril de 2007

Um estudante da Coreia do Sul mata 32 pessoas com duas pistolas semiautomáticas, antes de cometer suicídio nesta famosa instituição de ensino superior.

- Columbine, Colorado, 20 de abril de 1999

Dois estudantes da Columbine High School, de 17 e 18 anos e fortemente armados, matam 12 colegas e um professor em poucos minutos antes de cometerem suicídio na biblioteca. O número de mortes teria sido ainda maior se eles tivessem conseguido detonar as bombas caseiras que tinham preparado.

Leia Também: Texas. Catorze crianças e professor mortos em tiroteio em escola primária

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório