Meteorologia

  • 05 JULHO 2022
Tempo
29º
MIN 17º MÁX 31º

Brexit. Partido norte-irlandês acusa Londres de irresponsabilidade

O partido nacionalista norte-irlandês Sinn Féin acusou hoje Londres de se comportar de forma "irresponsável" nas negociações com Bruxelas sobre o Protocolo do Brexit para a Irlanda do Norte e alertou que as ações unilaterais violam o direito internacional.

Brexit. Partido norte-irlandês acusa Londres de irresponsabilidade
Notícias ao Minuto

22:48 - 23/05/22 por Lusa

Mundo Brexit

"Estes acordos enfrentam desafios do Governo britânico, que está a jogar de forma irresponsável e interesseira com o direito internacional (...). Todos concordamos que está claro como avançar. O DUP [Partido Unionista Democrático] deve trabalhar e parar de bloquear a formação de um Executivo", observou a presidente daquela força partidária, Mary Lou McDonald.

Mary Lou McDonald fez esta observação após se reunir em Dublin com uma delegação de congressistas norte-americanos que estão de visita à Irlanda e ao Reino Unido esta semana para tratar do Protocolo da Irlanda do Norte.

Este mecanismo, acordado por Londres e Bruxelas, rege as novas relações entre os dois blocos pós-Brexit, estabelecendo uma fronteira comercial entre a Grã-Bretanha e a Irlanda do Norte para evitar uma barreira física entre as duas Irlandas, conforme exigido pelo acordo de paz da Sexta-feira Santa (1998), que pôs fim ao conflito na província britânica.

No entanto, provocou tensões política e económicas dentro da comunidade unionista da Irlanda do Norte, e o seu principal representante, o DUP, se recusa a partilhar o governo com o Sinn Féin até que algumas partes do controverso protocolo sejam eliminadas.

A líder do Sinn Féin, ex-braço político do inativo IRA (Exército Republicano Irlandês) e defensora da reunificação da Irlanda, agradeceu à delegação do Congresso dos Estados Unidos pelo "apoio contínuo" ao processo de paz e ao "progresso da Irlanda".

"A solução para a aplicação do protocolo está nas negociações entre a União Europeia e o Governo britânico, livres de ameaça de ação unilateral", concluiu McDonald, cujo partido venceu as eleições regionais norte-irlandesas em 05 de maio.

Washington expressou pela boca do Presidente norte-americano, Joe Biden, com raízes irlandesas, a sua preocupação com o processo de paz e as consequências do corte das conversações entre Londres e Bruxelas.

O Executivo do primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, adiantou na última semana estar a preparar uma lei para revogar parte dos acordos do Brexit que regulam o estatuto da região.

Leia Também: Irlanda do Norte. Líder unionista critica interferência de Nancy Pelosi 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório