Meteorologia

  • 27 JUNHO 2022
Tempo
23º
MIN 15º MÁX 23º

Irlanda do Norte. Líder unionista critica interferência de Nancy Pelosi 

A presidente da Câmara dos Representantes dos EUA, Nancy Pelosi, foi hoje criticada pelo líder de um partido da Irlanda do Norte por ameaçar bloquear um acordo comercial com o Reino Unido devido às divergências pós-Brexit de Londres com Bruxelas.

 Irlanda do Norte. Líder unionista critica interferência de Nancy Pelosi 
Notícias ao Minuto

14:05 - 20/05/22 por Lusa

Mundo Brexit

Pelosi advertiu em comunicado para o risco de retaliação dos Estados Unidos, corresponsável pelo acordo de paz de 1998, se o Reino Unido agir unilateralmente para mudar os acordos comerciais para a Irlanda do Norte.

"Se o Reino Unido optar por subverter os Acordos da Sexta-feira Santa, o Congresso não pode e não apoiará um acordo bilateral de comércio livre com o Reino Unido", afirmou.

O líder do Partido Democrata Unionista (DUP), Jeffrey Donaldson, respondeu que é "absolutamente evidente" que o Protocolo está a afetar o acordo de paz que "tornou impossível a partilha de poder com base no consenso".

"Se Nancy Pelosi quer ver o acordo [de paz] protegido, então ela precisa de reconhecer que, na verdade, é o Protocolo que está a prejudicar e subverter o acordo e é por isso que temos que o resolver", declarou à BBC.

O Governo britânico anunciou esta semana uma proposta de lei com poderes para alterar algumas das provisões, o que terá como efeito anular unilateralmente parte do que foi acordado durante o 'Brexit' com Bruxelas.

A Irlanda do Norte é a única região do Reino Unido que partilha uma fronteira terrestre com um país membro da UE, a República da Irlanda, o que implicou atenção especial durante o processo de saída britânica da União Europeia (UE).

O Protocolo da Irlanda do Norte foi desenhado por Londres e Bruxelas para gerir o comércio após o Brexit entre a província britânica e o mercado único europeu e assim respeitar o acordo de paz de 1998 para a Irlanda do Norte, que determina uma fronteira aberta na ilha da Irlanda.

Para evitar uma fronteira física, o Protocolo deu à Irlanda do Norte um estatuto especial, implicando que respeite regras europeias sobre certos bens, como plantas e produtos alimentares, o que implica mais documentação e controlos na chegada de mercadorias do Reino Unido.  

O DUP recusou-se a participar na formação de um novo governo de coligação até que o Protocolo seja alterado, o qual considera por em causa o lugar da província no Reino Unido ao impor na prática uma "fronteira no Mar da Irlanda". 

O partido terminou em segundo lugar atrás do partido republicano Sinn Fein nas eleições para a Assembleia da Irlanda do Norte.

O acordo de paz de 1998 no território determinou um sistema político de partilha de poder entre unionistas, leais à coroa britânica, e republicanos, favoráveis à reunificação política da ilha da Irlanda. 

A troca de palavras coincidiu com a visita do primeiro-ministro da República da Irlanda, Micheál Martin, hoje a Belfast para se encontrar com líderes políticos e empresariais e tentar desbloquear o impasse. 

Leia Também: Milícia pode agravar tensões étnicas em Cabo Delgado

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório