Meteorologia

  • 01 JULHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 27º

Kremlin acusa Kyiv de "total relutância" nas negociações de paz

Dmitry Peskov, porta-voz do Kremlin, confirmou que "as negociações não estão a progredir".

Kremlin acusa Kyiv de "total relutância" nas negociações de paz
Notícias ao Minuto

11:48 - 18/05/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Guerra na Ucrânia

O porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, confirmou esta quarta-feira que as negociações de paz com a Ucrânia “não estão a progredir” e acusou Kyiv de mostrar uma “total relutância” na continuação das conversações. 

“As negociações não estão a progredir e notamos total relutância dos negociadores ucranianos em continuar este processo”, afirmou Peskov, citado pela agência de notícias Reuters.

Já na terça-feira, o vice-ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Andrei Rudenko, revelou, citado pela agência de notícias russa Interfax, que não há qualquer negociação a decorrer atualmente entre a Rússia e a Ucrânia, afirmando que Kyiv "abandonou de vez" o diálogo.

Mykhailo Podoliak, conselheiro do presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, respondeu às declarações de Rudenko e acusou Moscovo de não demonstrar qualquer “compreensão” da atual situação

Assinala-se, esta quarta-feira, o 84.º dia da invasão russa da Ucrânia. Segundo os mais recentes dados confirmados pela Organização das Nações Unidas (ONU), que alerta que o número real pode ser muito superior, 3.752 civis morreram e outros 4.062 ficaram feridos desde o início da invasão.

Leia Também: AO MINUTO: Áustria? NATO é "situação diferente"; 959 soldados renderam-se

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório