Meteorologia

  • 01 JULHO 2022
Tempo
28º
MIN 15º MÁX 28º

Espanha aprova baixa laboral para pessoas com menstruação dolorosa

A lei prevê uma baixa laboral por incapacidade temporária, que será assumida na íntegra pelo estado.

Espanha aprova baixa laboral para pessoas com menstruação dolorosa
Notícias ao Minuto

15:08 - 17/05/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Espanha

O governo espanhol aprovou, esta terça-feira, uma medida que dará às pessoas com "menstruações dolorosas" a possibilidade de meter baixa médica, desde que prescrita pelo médico.

O projeto-lei, discutido em Conselho de Ministros, prevê uma baixa laboral por incapacidade temporária, que será assumida na íntegra pelo estado, e destina-se a todas as pessoas que sofram muitas dores durante a menstruação, seja por causa de patologias associadas (como endometriose ou ovários poliquísticos) ou por outras causas.

A licença, que faz parte de um pacote de medidas de saúde reprodutiva, poderá ser alargada em casos mais graves.

Este ponto inclui ainda a distribuição de produtos de higiene feminina gratuitos em escolas e similares, num esforço para combater a "pobreza menstrual".

Ficará de fora, contudo, a redução do IVA nos produtos de higiene, nomeadamente pensos higiénicos e tampões, que tinha sido prometido pelo governo.

O país é, assim, o primeiro da Europa que concede baixas pagas pela Segurança Social às pessoas que sofram de dores menstruais graves ou incapacitantes.

O pacote esta terça-feira aprovado inclui ainda uma alteração à lei do aborto, sendo que as jovens espanholas, a partir dos 16 anos, passam a poder abortar sem autorização dos pais.

Leia Também: Espanha dará três dias a mulheres que sofram "menstruações dolorosas"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório