Meteorologia

  • 02 JULHO 2022
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 31º

AO MINUTO: Azovstal? "Segunda fase da missão"; Rússia bombardeia abrigo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a guerra na Ucrânia.

AO MINUTO: Azovstal? "Segunda fase da missão"; Rússia bombardeia abrigo
Notícias ao Minuto

07:24 - 07/05/22 por Notícias ao Minuto

Ao Minuto Mundo Rússia/Ucrânia

Com a aproximação de 9 de maio, dia em que a Rússia assinala o Dia da Vitória, embora não se verifiquem restrições mais apertadas, o receio leva a que mesmo sem obrigatoriedade de recolher obrigatório não decorra nenhum evento público até segunda-feira em Kyiv.

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, continua a tentar encontrar uma solução pacífica para o conflito com o apoio unânime do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas, que recorda que "todos os Estados-membros assumiram, sob a Carta das Nações Unidas, a obrigação de resolver as suas disputas internacionais por meios pacíficos".

Leia Também: Zelensky diz que Mariupol está "completamente destruída"

Fim de cobertura

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

Boa noite! Damos por terminado o acompanhamento AO MINUTO dos desenvolvimentos da invasão russa da Ucrânia. Poderá acompanhar uma nova cobertura na manhã de domingo. 

Lugansk. Rússia bombardeia escola onde estavam abrigadas 90 pessoas

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

As tropas russas terão bombardeado, este sábado, uma escola que servia de abrigo para cerca de 90 pessoas na vila de Bilohorivka, localizada a cerca de 11 quilómetros da linha da frente, segundo avançou o chefe da administração militar da região separatista do Lugansk, Serhiy Hayday. 

“Quase toda a aldeia estava ali escondida. Todos os que ainda não tinham saído [da vila]. Depois do clube social ser atingido, a cave da escola foi o único lugar de salvação, mas os russos aproveitaram-se dessa hipótese das pessoas”, afirmou o responsável.

Até ao momento, 30 pessoas foram resgatadas dos escombros. 

Ucrânia prepara "segunda fase da missão" de evacuação de Azovstal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O presidente da Ucrânia, Volodymyr Zelensky, afirmou, este sábado, que o país está a “preparar a segunda etapa da missão da evacuação” do complexo siderúrgico de Azovstal, na cidade portuária de Mariupol. Depois de, esta tarde, a vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Verechtchuk, anunciar que “todas as mulheres, crianças e idosos” foram retirados da siderúrgica, Zelensky revela que os próximos a sair serão “os feridos e os médicos”. “Claro, se todos cumprirem os acordos. Claro, se não houver mentiras”, ressalvou.

Reino Unido prepara-se para fornecer 1,3 mil milhões de libras à Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, revelou este sábado que o país irá fornecer mais 1,3 mil milhões de libras [cerca de 1,5 mil milhões de euros] em apoio militar à Ucrânia. Segundo o governante, este é o maior gasto em conflitos desde as guerras no Iraque e no Afeganistão.

"O ataque brutal de Putin não está apenas a causar uma devastação incalculável na Ucrânia - também está a ameaçar a paz e a segurança em toda a Europa", justificou Boris, num comunicado citado pela agência de notícias Reuters. 

 

Putin "não pensa que pode permitir-se perder" guerra contra Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O Presidente russo, Vladimir Putin, está determinado em prosseguir a guerra na Ucrânia mas não existem indicações de que a Rússia se prepara para utilizar armas nucleares táticas no conflito, disse hoje o diretor da CIA, William Burns.

O Presidente Putin "está num tal estado de espírito que não pensa que pode permitir-se perder", declarou Burns no decurso de uma conferência organizada pelo jornal Financial Times, em Washington, acrescentando que o líder do Kremlin "está convencido que o redobrar dos esforços lhe permitirá progredir" no terreno.

CIA sem informação de que Rússia considera uso de armas nucleares táticas

O diretor da CIA, principal agência de informações dos EUA, Bill Burns, disse hoje em Washington que não possui informações que apontem para a utilização pela Rússia de armas nucleares táticas na Ucrânia.

Lusa | 18:28 - 07/05/2022

Ucrânia apela aos MSF para tratarem soldados entrincheirados em Azovstal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

A Ucrânia pediu hoje aos Médicos Sem Fronteiras (MSF) para retirarem e tratarem soldados entrincheirados no complexo siderúrgico de Azovstal, em Mariupol, num comunicado difundido algumas horas após o anúncio de retirada dos civis.

A vice-primeira-ministra ucraniana, Iryna Verechtchuk, enviou uma carta a Michel-Olivier Lacharité, responsável dos programas de emergência da organização humanitária e chefe da missão MSF na Ucrânia, indica um comunicado do Ministério da Reintegração dos territórios temporariamente ocupados da Ucrânia.

Costa defende criação de "super bazuca" para reconstrução da Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O primeiro-ministro, António Costa, defendeu hoje a criação de uma "super bazuca" para ajudar na reconstrução da Ucrânia, à semelhança do Programa de Recuperação e Resiliência que a União Europeia criou para enfrentar a pandemia da Covid-19.

"Tal como inventámos o 'next generation', o Programa de Recuperação e Resiliência, a bazuca, para respondermos às necessidades das economias europeias perante a covid-19, nós vamos ter que criar uma super bazuca para apoiar a Ucrânia na reconstrução. E aí é que devíamos tratar e já, porque aí não temos de esperar por mais nada, podemos fazer já", declarou António Costa na conferência sobre o "Futuro da Europa", que decorreu em Serralves, no Porto.

Ucrânia aprova projeto de acordo para receber 1,5 mil milhões de dólares

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

A Ucrânia aprovou, este sábado, um projeto de acordo para receber 1,5 mil milhões de dólares [cerca de 1,4 mil milhões de euros] do Banco Mundial. A informação é avançada pelo jornal ucraniano The Kyiv Independent, que cita o primeiro-ministro da Ucrânia, Denys Shmyhal.

De acordo com a publicação, a quantia será gasta em instalações públicas, agências governamentais e outras despesas. 

OMS já registou 200 ataques a instalações de saúde na Ucrânia

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, frisou este sábado, numa visita à capital da Ucrânia, Kyiv, que “apoia” o povo ucraniano, na sequência da invasão russa.

Presente na mesma conferência, o diretor de emergências da OMS, revelou que a organização já registou 200 ataques a instalações de saúde na Ucrânia e que a informação será entregue às entidades responsáveis por avaliar se foram, ou não, cometidos crimes de guerra na Ucrânia. 

CIA sem informação de que Rússia considera uso de armas nucleares táticas

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O diretor da CIA, principal agência de informações dos EUA, Bill Burns, disse hoje em Washington que não possui informações que apontem para a utilização pela Rússia de armas nucleares táticas na Ucrânia. "Não vemos neste momento, enquanto serviço de informações, nenhuma prova concreta de que a Rússia esteja a preparar o desdobramento ou mesmo o uso potencial de armas nucleares táticas", disse numa conferência organizada pelo jornal Financial Times.

"Todas as mulheres, crianças e idosos" foram retirados de Azovstal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

A vice-primeira-ministra da Ucrânia, Iryna Vereshchuk, anunciou, este sábado, que "todas as mulheres, crianças e idosos" foram retirados do complexo siderúrgico de Azovstal, na cidade portuária de Mariupol.

"A ordem do presidente foi cumprida: todas as mulheres, crianças e idosos foram retirados de Azovstal. Esta parte da operação humanitária de Mariupol foi concluída", escreveu na rede social Facebook.

Tropas pró-russas dizem que mais 50 pessoas saíram de Azovstal

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

As tropas pró-russas revelaram que mais 50 pessoas saíram, este sábado, do complexo siderúrgico de Azovstal. Sublinhe-se que este é o último reduto da resistência ucraniana na cidade portuária de Mariupol e estima-se que cerca de dois mil militares e centenas de civis se tenham protegido ali dos bombardeamentos russos. 

Blindados para a Ucrânia? Governo "nunca" divulgará material enviado

Márcia Guímaro Rodrigues | há 1 mês

O primeiro-ministro, António Costa, recusou este sábado divulgar informações sobre o material bélico enviado à Ucrânia. Em causa está uma notícia divulgada este sábado, dia 7 de maio, pelo jornal Nascer do Sol que dá conta que o Governo autorizou o envio de 15 carros blindados M113A.

“Nós temos vindo, desde a primeira hora, a dar suporte à Ucrânia, seja em meios financeiros, meios humanitários, material militar. Primeiro na natureza não letal e depois na natureza letal. Nunca divulgámos até agora, por razões de segurança, qual o tipo de material que temos enviado. A Ucrânia conhece-o”, explicou aos jornalistas, após a Conferência sobre o Futuro da Europa, na Fundação de Serralves, no Porto.

Envio de blindados de Portugal a confirmar-se é "apoio empenhado"

O Presidente da República afirmou hoje que se se confirmar que Portugal vai enviar blindados para a Ucrânia é um "caso de apoio empenhado" do país, tal como já havia sido manifestado pelo primeiro-ministro, António Costa.

Lusa | 14:13 - 07/05/2022

Político russo acusa EUA de relação com ações militares contra a Rússia

Beatriz Maio | há 1 mês

Vyacheslav Volodin, presidente da câmara baixa da Assembleia Federal, Duma, acusou os Estados Unidos da América (EUA) de estarem diretamente relacionados com a luta contra a Rússia na Ucrânia, avança The Kyiv Independent.

Volodin acusou os EUA de envolvimento direto em ações militares contra a Rússia: “Washington está essencialmente coordenando e desenvolvendo operações militares, participando diretamente de ações militares contra nosso país”, escreveu no Telegram. De referir que apesar de os EUA, ao lado de outros aliados ocidentais, forneceram armamento à Ucrânia, afirmam não participar nos combates.

"A Moldova não está a ser ameaçada agora", diz presidente da Moldova

Beatriz Maio | há 1 mês

A presidente da Moldova, Maia Sandu, confessou não estar a existir nenhuma ameaça militar à Moldova: "A Moldova não está a ser ameaçada agora", disse durante uma reunião com o presidente lituano, acrescentando que as autoridades moldavas continuam a monitorar a situação de perto e estão a fazer todos os possíveis para evitar a desestabilização, embora este sábado haja o relato de várias explosões na região da Transnístria ocupada pela Rússia, na fronteira com a Ucrânia.

Bombardeamentos destroem Museu Memorial Literário Hryhoriy Skovoroda

Beatriz Maio | há 1 mês

Os bombardeamentos russos destruíram um museu dedicado ao filósofo e poeta do século XVIII, Hryhoriy Skovoroda, na vila ucraniana de Skovorodynivka, relatou o governador regional de Kharkiv, Oleh Sinegubov.

O telhado do Museu Memorial Literário Hryhoriy Skovoroda, foi atingido, fez um ferido e causou um incêndio que destruiu o edifício, avançou o governador, acrescentando que as instalações foram praticamente todas destruídas e os itens mais valiosos do museu tinham sido transferidos anteriormente para um local seguro, informou o jornal The Guardian.

Cidade portuária de Odessa "atingida por vários mísseis"

Beatriz Maio | há 1 mês

O porta-voz do governo regional, Serhiy Bratchuk, confirmou que "vários mísseis atingiram a cidade portuária de Odessa", no sul da Ucrânia, acrescentando que os ataques ocorreram depois de a região ter sido atingida por quatro mísseis no início do dia, informação avançada pela Sky News.

Cidadão croata que lutou ao lado dos ucranianos detido pela Rússia

Andrea Pinto | há 1 mês

Um cidadão croata que lutou ao lado das tropas ucranianas em Mariupol foi detido pelo exército russo, informou hoje a imprensa estatal da Croácia. O Ministério dos Negócios Estrangeiros da Croácia também confirmou que está a trabalhar com as autoridades ucranianas para resolver a situação, sem avançar mais detalhes devido ao caráter "sensível da situação.

Companhias aéreas nigerianas suspendem voos domésticos na segunda

Beatriz Maio | há 1 mês

Uma dúzia de companhias aéreas nigerianas vão suspender os voos domésticos a partir de segunda-feira devido ao aumento dos preços dos combustíveis desde o início da guerra na Ucrânia, informou a Airline Operators of Nigeria (AON). Nos últimos quatro meses, o preço do combustível "subiu de 190 nairas por litro (cerca de 0,43 euros) para 700 nairas atualmente (1,60 euros)", disse a AON na sexta-feira numa carta enviada hoje aos meios de comunicação locais, ao ministro da Aviação do país, Sadi Sirika, e à Autoridade Nigeriana de Aviação Civil.

Kyiv anuncia ter afundado navio russo na costa de Odessa

Beatriz Maio | há 1 mês

As autoridades ucranianas anunciaram hoje que afundaram um navio russo na costa de Odessa, no sul, bem como o abate de um míssil inimigo na região de Poltaba, no leste do país. Junto com o navio russo, as forças ucranianas conseguiram derrubar um 'drone' [aparelho aéreo não tripulado] de reconhecimento russo na mesma área do mar Negro, relataram fontes das autoridades da região de Odessa.

RTP Ensina lança aulas de #EstudoEmCasa com a Ucrânia

Beatriz Maio | há 1 mês

O ministro da Educação e a embaixadora da Ucrânia em Lisboa salientaram hoje a importância do projeto #EstudoEmCasa com a Ucrânia não só para os refugiados já em Portugal, mas também para os que pensam vir para o país. A RTP Ensina lançou hoje oficialmente as aulas de #EstudoEmCasa com a Ucrânia, uma iniciativa conjunta do Ministério da Educação e da RTP que pretende facilitar a integração das crianças e dos jovens ucranianos em Portugal, através de 14 módulos que dão a conhecer a língua e alguns aspetos da cultura portuguesa.
  

SEF da Madeira tem 417 pedidos de proteção temporária devido à guerra

Beatriz Maio | há 1 mês

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) da Madeira já registou 417 pedidos de proteção temporária por parte de cidadãos ucranianos, dos quais 79 estão alojados em casas de famílias voluntárias, indicou a secretaria regional da Cidadania e Inclusão Social. Numa nota de balanço da operação "SOS Ucrânia", o Governo Regional (PSD/CDS-PP) revela que dos 417 registos efetuados no SEF, 194 são mulheres, 86 homens e 137 crianças.

Jill Biden saúda esforço da Roména na ajuda a refugiados ucranianos

Beatriz Maio | há 1 mês

A primeira-dama dos EUA, Jill Biden, elogiou hoje o governo romeno e as organizações de ajuda humanitária pela variedade da ajuda que dão aos ucranianos que fogem da invasão russa, classificando-a como "incrível". A avaliação de Jill Biden foi feita no final de um encontro de trabalho de quase uma hora na embaixada norte-americana em Bucareste sobre ajuda humanitária, a qual destacou estar "apenas a começar".

França pode passar sem gás russo "a longo prazo"

Andrea Pinto | há 1 mês

A França poderá passar sem o gás russo "a longo prazo", disse hoje o presidente do 'gigante' francês da energia Engie, Jean-Pierre Clamadieu, numa altura em que a União Europeia procura alternativas para reduzir a dependência energética da Rússia.

Envio de carros blindados? Prova "do apoio empenhado de Portugal"

Andrea Pinto | há 1 mês

Marcelo Rebelo de Sousa reagiu hoje à notícia que dá conta que o Governo português vai enviar viaturas blindadas à Ucrânia. O chefe de Estado considera que a confirmar-se é a prova "do apoio empenhado de Portugal em termos de meios militares à Ucrânia, naquilo que Portugal pode [fazer]".

"Já se sabe que o Governo tinha dito que faria tudo o que estivesse ao seu alcance, se o pudesse fazer, em apoio militar", afirmou aos jornalistas, na Maia.

Recorde-se que a edição desta sábado do Nascer do Sol dá conta de que o Governo enviará 15 carros M113A blindados para a Ucrânia.

 

Ucranianos fazem testes de ADN para identificar cadáveres em Bucha

Beatriz Maio | há 1 mês

Após semanas de exumações, uma morgue em Bucha tem ainda mais de 200 corpos que não foram identificados. Alguns foram enterrados sem documentos, outros estão muito desfigurados para poderem ser identificados a olho porque foram queimados ou parcialmente destruídos pela força das explosões. Segundo o jornal The Guardian, os soldados russos terão até desfigurado intencionalmente os rostos de algumas vítimas, o que levou os ucranianos a decidir realizar testes de ADN.

Refugiados? "Estou convencida que o Governo português resolve a situação"

Andrea Pinto | há 1 mês

A embaixadora da Ucrânia em Lisboa mostrou-se hoje preocupada com a situação de acolhimento de refugiados ucranianos por cidadãos russos em Portugal ocorrida em Setúbal, mas está confiante na resolução por parte do Governo português.

"Claro que temos preocupação sobre esta situação, mas estou convencida que o Governo português resolve a situação", afirmou.

Itália confisca suposto iate de Putin avaliado em 650 milhões

Andrea Pinto | há 1 mês

A Itália confiscou o iate Scheherazade situado num estaleiro da Marina de Carrara (centro) e que, segundo a equipa de investigação do líder da oposição russo, Alexei Navalni, pertence ao Presidente russo, Vladimir Putin, anunciou fonte governamental.

Moscovo anuncia destruição de arsenal de armas provenientes dos EUA e UE

Beatriz Maio | há 1 mês

O Exército russo destruiu um importante arsenal de armas provenientes dos Estados Unidos e da União Europeia na região de Kharkiv, no leste da Ucrânia, e causou 280 baixas do Exército ucraniano, disse hoje o comando militar russo. "Um grande arsenal de equipamento militar dos EUA e da UE foi destruído na estação ferroviária de Bohodukhiv, na região de Kharkiv. Como resultado dos ataques, cerca de 280 nacionalistas foram aniquilados e 48 peças de equipamento de combate foram destruídas", disse o porta-voz russo da Defesa, Igor Konashenkov.

Bombardeamentos russos em Donetsk fazem um morto e três feridos

Beatriz Maio | há 1 mês

Os bombardeamentos russos ocorridos durante a noite em Donetsk provocaram, pelo menos, um morto e três feridos, avança o jornal The Kyiv Independent que revela que a cidade de Bakhmut foi a que mais sofreu, visto que foi atingida por um ataque aéreo, informou o governador Pavlo Kyrylenko. 

Autoridades da Transnístria denunciam novos ataques

Beatriz Maio | há 1 mês

Autoridades no território separatista moldavo da Transnístria denunciaram hoje novos ataques de 'drones' de origem desconhecida. "Quatro engenhos explodiram perto da cidade de Voronkovo, na região de Ribnitsk, no território de um antigo aeródromo", relatou o serviço de imprensa do Ministério do Interior da Transnístria no Telegram, sem especificar a origem dos ataques.

Autoridades ucranianas noticiam intensos combates em Donbass

Beatriz Maio | há 1 mês

As autoridades ucranianas noticiaram hoje intensos combates em Donbass, enquanto se mantém o cerco da siderurgia Azovstal, onde as tropas ucranianas de Mariupol estão a resistir. A informação avançada pelo Estado-Maior do Exército ucraniano é que a ofensiva em Donetsk e Lugansk continua.

Veículo aéreo russo destruído por ucranianos

Beatriz Maio | há 1 mês

O conflito entre a Rússia e a Ucrânia, que teve início no dia 24 de fevereiro, continua a fazer do território ucraniano palco de uma violenta guerra e a obrigar a defesa de militares e civis. Nas redes sociais é possível ver vários vídeos de equipamentos militares russos, terrestres ou aéreos, destruídos. Neste caso acima, podemos assistir a um veículo não tripulado de média altitude preparado para operações de voo controladas remotamente ou autónomas que, segundo a descrição da publicação, "estava a 28 quilómetros de distância no céu" quando foi atingido.

Embaixador ucraniano pede para cancelar proibição da bandeira ucraniana

Beatriz Maio | há 1 mês

O embaixador da Ucrânia na Alemanha, Andriy Melnyk, reiterou que proibir símbolos ucranianos, nos dias 8 e 9 de maio, ao lado dos símbolos imperialistas russos, como a letra 'Z' das manifestações no aniversário da vitória da Segunda Guerra Mundial, é “uma chapada na cara da Ucrânia e na cara do povo ucraniano”. De acordo com o jornal The Kyiv Independent, Melnyk pediu a Berlim para cancelar a decisão.

Estónia ajudará Ucrânia a reconstruir a região de Zhytomyr

Beatriz Maio | há 1 mês

A ministra das Relações Exteriores da Estónia, Eva-Maria Liimets, anunciou que o país irá ajudar na reconstrução de casas, jardins de infância e grandes projetos de infraestruturas na região de Zhytomyr, segundo a Interfax Ucrânia, que acrescenta que também enviará especialistas para as regiões libertadas da Ucrânia .

Lã de Zelensky vendida por 104 mil euros numa arrecadação de fundos

Beatriz Maio | há 1 mês

A lã de Zelensky foi vendida pelo equivalente a 104 mil euros numa arrecadação de fundos para a Ucrânia que decorreu em Londres. Segundo o jornal The Telegraph, o primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, chamou o presidente Volodymyr Zelensky de “um dos líderes mais incríveis dos tempos modernos”, ao encorajar os participantes do evento de arrecadação de fundos Brave Ukraine a doar para ajuda humanitária. “Apoiem a Ucrânia esta noite para que a grande e antiga capital europeia Kyiv nunca seja ameaçada novamente e que a Ucrânia possa ser inteira e livre mais uma vez”, apelou Boris Johnson.

 

Dezenas de civis resgatados de túneis em Azovstal

Beatriz Maio | há 1 mês

Dezenas de civis foram resgatados dos túneis da fábrica siderúrgica de Azovstal esta madrugada, local onde se protegem os combatentes ucranianos, avança a Sky News. Esta fábrica foi o lar de cerca de 2.000 militares e acredita-se ter sido de centenas de civis nas últimas semanas.

G7 reúne-se com Zelensky no domingo

Beatriz Maio | há 1 mês

Os líderes do Grupo dos Sete (G7), incluindo o presidente dos Estados Unidos da América, Joe Biden, farão uma videochamada no domingo com o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky numa demonstração de unidade, um dia antes de a Rússia assinalar o feriado do Dia da Vitória, informou a Casa Branca. O debate concentrar-se-á nos últimos desenvolvimentos na invasão da Ucrânia pela Rússia, nos esforços para fortalecer o país e nas maneiras de demonstrar “a unidade contínua do G7 em resposta coletiva, inclusive impondo custos severos para a guerra de Putin”, relatou um porta-voz do Conselho de Segurança Nacional da Casa Branca. 

Pró-russos trocam placas da cidade de Mariupol pela sua versão russa

Beatriz Maio | há 1 mês

Separatistas pró-russos foram vistos, esta semana, a retirar sinais de estrada com os nomes das cidades ucranianas escritas em ucraniano e inglês, e a substituí-las por placas escritas em russo. O Ministério dos Transportes da República Popular de Donetsk afirmou, esta quinta-feira, que estão a trocar os sinais em cidades da região que foram "libertadas" das forças nacionalistas ucranianas.

Biden anuncia nova ajuda militar a Kyiv no valor de 150 milhões

Beatriz Maio | há 1 mês

Os Estados Unidos vão enviar mais ajuda militar à Ucrânia, incluindo munições de artilharia e radares, no valor de 150 milhões de dólares, anunciou esta sexta-feira o Presidente Joe Biden, alertando que os fundos para armamento estão "praticamente esgotados".

EUA negam ter dado informações a Kyiv para afundar cruzador russo Moskva

Beatriz Maio | há 1 mês

O governo dos Estados Unidos assegurou esta sexta-feira que não forneceu informações de inteligência "específicas" às forças ucranianas, para que estas atacassem o cruzador de mísseis russo Moskva, que naufragou em meados de abril.

Líder pró-russo afirma que Kherson foi "libertada de nacionalistas"

Beatriz Maio | há 1 mês

O líder pró-russo da Crimeia, anexada pela Rússia em 2014, disse que a região de Kherson, no sul da Ucrânia, "foi libertada dos nacionalistas" e "do controlo de Kyiv", noticiou hoje a agência russa Sputnik. "Hoje em dia não existem autoridades ucranianas a efetuar qualquer inspeção ou controlo de documentos. O território foi libertado dos nacionalistas" ucranianos, disse Sergei Aksionov, em entrevista à Sputnik.

Declaração unânime do Conselho de Segurança apoia esforços de Guterres

Beatriz Maio | há 1 mês

O Conselho de Segurança da ONU adotou por unanimidade, na sexta-feira, uma declaração em que manifesta "forte apoio" aos esforços do secretário-geral das Nações Unidas, Antonio Guterres, para encontrar uma solução pacífica para o conflito. Tratou-se da primeira declaração conjunta do Conselho de Segurança sobre a Ucrânia desde que a guerra começou em 24 de fevereiro, ou seja, há 10 semanas, indica a agência AP.

Guterres na Moldova na próxima semana para agradecer ajuda aos refugiados

Beatriz Maio | há 1 mês

O secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, visita a Moldova no início da próxima semana para manifestar a sua "solidariedade e gratidão" com o povo que acolheu até ao momento quase meio milhão de ucranianos. A viagem do diplomata português, que ocorre na segunda e terça-feira, coincide também com o 30.º aniversário da entrada do Estado da Moldova como membro das Nações Unidas e é uma forma de expressar o seu apreço pelo papel do país nas operações de paz no mundo, destacou a ONU em comunicado.

PAM pede reabertura dos portos no Mar Negro para evitar fome mundial

Beatriz Maio | há 1 mês

O Programa Alimentar Mundial (PAM) pediu hoje a reabertura dos portos da região de Odessa, no sul da Ucrânia, para que os alimentos produzidos neste país possam ser comercializados livremente para o resto do mundo. "Neste momento, os silos de grãos na Ucrânia estão cheios. Ao mesmo tempo, 44 milhões de pessoas em todo o mundo estão a caminhar para a fome. Precisamos abrir esses portos para que os alimentos possam circular", apelou o chefe desta agência das Nações Unidas (ONU) David Beasley, citado pela agência AFP.

Autarca de Kyiv pede a residentes para ficarem em casa nos próximos dias

Beatriz Maio | há 1 mês

O autarca de Kyiv, Vitali Klitschko, apelou, na sexta-feira, aos habitantes da capital ucraniana a permanecerem em casa no próximo domingo e segunda-feira. Em causa está o facto de vários países ocidentais alertarem para o facto de o presidente russo, Vladimir Putin, querer declarar formalmente guerra à Ucrânia no dia 9 de maio, no ‘Dia da Vitória’ russa, que assinala a capitulação do regime da Alemanha nazi perante as forças soviéticas, no final da Segunda Guerra Mundial.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório