Meteorologia

  • 02 OUTUBRO 2022
Tempo
28º
MIN 16º MÁX 31º

O militar que disse "vão-se lixar" na ilha de Zmiinyi voltou para casa

"Navio militar russo, vão-se lixar" foi o que Roman Hrybov disse aos russos antes de ser capturado na ilha de Zmiiniy.

O militar que disse "vão-se lixar" na ilha de Zmiinyi voltou para casa

O militar Roman Hrybov, da Guarda de Fronteira do Estado da Ucrânia, que sobreviveu ao ataque da ilha de Zmiiniy depois de ter dito aos inimigos "vão-se lixar", está de volta a casa, depois de ter sido capturado pelo inimigo.

Recorda-se que este militar fazia parte de um grupo de 13 que ficou conhecido por fazer uma declaração de desafio contra um navio de guerra russo, antes de ser atacado. Numa gravação transmitida pelo jornal The Guardian na altura, um navio russo pediu aos soldados ucranianos para se renderem, mas receberam uma resposta dura.

"Isto é um navio militar russo. Sugerimos que baixem as armas e se rendam para evitar o derramar de sangue e vítimas desnecessárias. Senão, disparamos", avisaram as forças invasoras. A resposta dos ucranianos foi curta: "Navio militar russo, vão-se lixar".

Depois de dias sem se saber do paradeiro dos militares ucranianos a guardar a ilha de Zmiinyi, no mar Negro, o ministério dos Negócios Estrangeiros da Ucrânia confirmou que os soldados estavam vivos, porém presos pelas forças russas.

Agora já em liberdade, o militar que ficou famoso por dizer a corajosa frase já está de volta a casa e foi condecorado pelo ato de coragem. Veja aqui o vídeo do momento:

Leia Também: Afinal, militares da ilha de Zmiinyi estão vivos e presos por russos

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório