Meteorologia

  • 28 JUNHO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Guiné-Bissau exonera três ministros e três secretários de Estado

O Presidente da Guiné-Bissau exonerou hoje os ministros dos Transportes, Educação e Administração Pública e os secretários de Estado da Juventude, Gestão Hospitalar e Ordem Pública no âmbito de uma remodelação proposta pelo primeiro-ministro, Nuno Gomes Nabiam.

Guiné-Bissau exonera três ministros e três secretários de Estado

Segundo os decretos divulgados à imprensa, o atual ministro dos Transportes e Comunicações, Augusto Gomes, vai ser substituído no cargo por Aristides Ocante da Silva, que até aqui ocupava as funções de conselheiro do Presidente, Umaro Sissoco Embaló.

Augusto Gomes foi nomeado ministro da Cultura, Juventude e Desporto.

O novo ministro da Educação Nacional vai ser Abas Djaló, que substitui no cargo Cirilo Mamasaliu Djaló, que vai passar a ocupar a pasta de ministro da Administração Pública, Trabalho, Emprego e Segurança Social.

Para o Ensino Superior e Investigação Científica foi nomeado Timóteo Saba M'bunde.

A atual diretora da Polícia Judiciária, Teresa Alexandrina da Silva, vai ocupar o cargo de ministra da Justiça e de Direitos Humanos, substituindo Iaia Djaló, que morreu em dezembro.

Florentino Fernando Dias, que até aqui ocupava a pasta de secretário de Estado da Juventude e do Desporto, foi nomeado secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros.

Um outro decreto presidencial divulga a nova orgânica do Governo, que vai passar a ter 22 ministérios e oito secretarias de Estado.

Leia Também: Guiné-Bissau nomeia Tomane Baldé Alto-comissário para a Covid-19

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório