Meteorologia

  • 30 JUNHO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 24º

Papa Bento XVI admite ter estado em reunião sobre padre abusador

Depois de primeiramente negar, o Papa Bento XVI admite agora ter estado na reunião.

Papa Bento XVI admite ter estado em reunião sobre padre abusador
Notícias ao Minuto

11:44 - 24/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Abusos sexuais

Joseph Ratzinger, o Papa Bento XVI, admitiu esta segunda-feira - depois de ter negado - que esteve numa reunião em 1980, na qual foi discutido o caso de um padre abusador. 

Num comunicado à Agência Católica de Notícias, citado pela CNN e enviado pelo secretário particular, o Arcebispo Georg Gänswein, disse que o erro "não tinha sido cometido com intenção maliciosa", mas era "o resultado de um erro no processamento editorial da sua declaração" para a investigação independente encomendada pela Arquidiocese de Munique. Joseph Ratzinger "lamenta muito" e pediu desculpa, disse Gänswein.

A investigação sobre abusos do clero católico na Arquidiocese de Munique - onde Bento XVI foi arcebispo de 1977 a 1982 - mostrou na semana passada uma acta da reunião onde diz que ele estava presente.

O antigo sumo pontífice, conhecido como Joseph Ratzinger antes de se tornar Papa, planeia ainda emitir uma declaração detalhada. Bento XVI, agora com 94 anos, tornou-se o primeiro Papa em séculos a demitir-se, quando o fez em 2013. O seu mandato foi ensombrado por um escândalo global de abuso sexual na Igreja Católica. 

Leia Também: Messi recebeu uma camisola autografada do... Papa Francisco

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório