Meteorologia

  • 25 MAIO 2022
Tempo
15º
MIN 15º MÁX 26º

Diplomatas da era nazi também foram responsáveis pelo Holocausto

Os diplomatas alemães durante a era nazi também foram responsáveis pelo Holocausto, defendeu hoje a ministra dos Negócios Estrangeiros da Alemanha, país que pretende aumentar a formação dos seus funcionários para que rejeitem todas as formas de discriminação.

Diplomatas da era nazi também foram responsáveis pelo Holocausto
Notícias ao Minuto

21:59 - 20/01/22 por Lusa

Mundo Alemanha

Numa declaração durante o 80.º aniversário da Conferência de Wannsee, Annalena Baerbock realçou que é fundamental reconhecer o papel desempenhado pelos membros do serviço diplomático da Alemanha na época.

Em 20 janeiro de 1942, altos quadros nazis planearam o extermínio dos judeus durante a Segunda Guerra Mundial, na reunião em Berlim que ficou conhecida como Conferência de Wannsee.

"Hoje lembramos as mulheres, homens e crianças judeus assassinados e aqueles que sobreviveram ao Holocausto. Nunca esqueceremos o que a Alemanha fez com eles", acrescentou a governante.

Annalena Baerbock acrescentou que os funcionários do Ministério dos Negócios Estrangeiros "que se colocaram ao serviço de crimes e do genocídio do regime nazi também têm responsabilidade pelo sofrimento causado".

"Este capítulo da história deve funcionar como um incentivo para garantir que nada semelhante pode acontecer novamente", salientou.

Esta constatação, do papel desempenhado pelos funcionários do Ministério dos Negócios Estrangeiros, faz parte da formação pela qual os diplomatas passam, que inclui identificar e enfrentar o antissemitismo.

Todos os funcionários alemães em todo o mundo serão lembrados do papel dos diplomatas na era nazi, no Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto, em 27 de janeiro, assegurou Annalena Baerbock.

"Queremos concentrar-nos ainda mais nas questões de diversidade e antidiscriminação no contexto de formação adicional, para garantir que a nossa equipa contínua vigilante", frisou.

O coordenador do governo alemão contra o antissemitismo aconselha professores a realizarem visitas ao local da Conferência de Wannsee ou antigos campos de concentração, como parte da sua formação.

Felix Klein alertou que o antissemitismo continua a ser uma ameaça séria na Alemanha, mesmo 77 anos depois do fim da Segunda Guerra Mundial.

Leia Também: Homem que matou 77 pessoas na Noruega faz saudação nazi em tribunal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório