Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2022
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 16º

Espanha. Condenado a 24 anos de prisão por violar Guardia Civil

O homem entrou no apartamento da vítima e ameaçou-a com uma faca

Espanha. Condenado a 24 anos de prisão por violar Guardia Civil
Notícias ao Minuto

17:40 - 10/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Violação

Um homem de 27 anos foi condenado a 23 anos e 10 meses de prisão por agredir sexualmente e tentar matar uma mulher que se identificou como agente da Guardia Civil, segundo reporta o Europapress.

A acusação dá como provado que o agressor entrou no apartamento da mulher em Roquetas del Mar, Almería, Espanha, a 1 de março de 2020. Entrou usando um bloco de cimento para partir o vidro e empunhando uma arma branca, dirigiu-se ao quarto da vítima.

Esta identificou-se como agente da Guardia Civil. Ignorando este facto, aproximou-se dela com a faca gritando: “Cala-te ou mato-te”. O homem agrediu-a sexualmente e tentou asfixiá-la. 

A mulher ainda conseguiu fugir mas o homem voltou a alcançá-la, agarrando-a pelos cabelos. Voltou a ameaçá-la com uma faca e tapou-lhe a boca e nariz para que não respirasse. Foram dois agentes que surpreenderam o agressor enquanto este tentava violar a mulher. Quando apanhado, ainda agrediu os agentes. 

Em julgamento, o homem disse de nada se recordar pois estava sob o efeito de álcool.  Para além das penas de prisão, o homem está ainda condenado a pagar uma indemnização de 52.129.18 euros.

Leia Também: Morre segunda criança na sequência de acidente com insuflável em Espanha

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório