Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 34º

AO MINUTO: França reduz isolamento; Europa com +100 milhões de casos

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19.

AO MINUTO: França reduz isolamento; Europa com +100 milhões de casos
Notícias ao Minuto

08:11 - 01/01/22 por Notícias ao Minuto

Mundo Pandemia

Portugal, à imagem de outros países, tem vindo a registar diariamente valores recorde de casos de infeção, tendo no último dia de 2021 ultrapassado, pela primeira vez, os 30 mil contágios, numa altura em que a variante Ómicron já tem uma prevalência superior a 80% no país. 

A incidência de infeções disparou para os 1.182,7 casos por 100 mil habitantes em Portugal e o índice de transmissibilidade (Rt) também registou um aumento, passando para 1,35. 

Há agora no país 151 concelhos em risco extremo de infeção e as autoridades de saúde admitem que o agravamento da pandemia pode aumentar pressão sobre saúde e mortalidade

Em todo o mundo, a Covid-19 já provocou 5.428.240 mortes desde o início da pandemia. 

Pode consultar nestes mapas interativos a evolução da pandemia de coronavírus em Portugal e no mundo

Acompanhe aqui AO MINUTO os mais recentes desenvolvimentos sobre a Covid-19:

00h00 - Encerramos aqui o primeiro AO MINUTO de 2022. Amanhã, domingo, regressaremos com um novo registo. Até lá, proteja-se!

23h55 - Synlab promete testar hoje todos os passageiros, com e sem marcação

"Pretendemos testar hoje todos os passageiros, com e sem marcação, que aguardam no aeroporto de Lisboa, para não ficar ninguém impedido de viajar", afirmou fonte oficial da empresa em resposta, por escrito, a questões colocadas pela Lusa, após a transmissão de imagens televisivas que mostravam enormes filas de pessoas à espera para fazerem o teste à Covid-19 no Aeroporto Humberto Delgado em Lisboa.

23h30 - França reduz período de isolamento para vacinados

O ministro da Saúde francês, Olivier Véran, anunciou que o período de isolamento para os vacinados contra a Covid-19 que testem positivo para a doença será reduzido de 10 para sete dias. A quarentena pode ainda ser mais curta, caso seja apresentado um teste negativo ao fim de cinco dias.

Os não vacinados estão, contudo, sujeitos ao isolamento de 10 dias, ainda que o período possa ser reduzido nas mesmas condições.

22h54 - Cabo Verde regista 731 novos casos e mais uma morte

Cabo Verde registou mais 731 novos casos positivos do novo coronavírus nas últimas 24 horas e mais um óbito associado à doença Covid-19, informou hoje o Ministério da Saúde.

22h41 - SNS relembra que pode descarregar o certificado de vacinação para o seu telemóvel

22h25 - Brasil soma 3.986 infeções e 49 óbitos no último dia

O Brasil contabiliza mais 3.986 casos e 49 mortes desde ontem, segundo o 
Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS).

No total, o país regista 22.291.507 contágios e 619.105 mortes desde o brotar da pandemia.

21h58 - Madeira regista 1.001 novos casos e um total de 4.822 infeções ativas

A Madeira registou hoje 1.001 novos casos de Covid-19 e 201 recuperações, indicou a Direção Regional de Saúde, referindo que o total de infeções ativas no arquipélago é agora de 4.822, com 44 doentes hospitalizados.

21h58 - Cerca de 2.500 voos cancelados nos EUA no primeiro dia do ano

Cerca de 2.500 voos foram cancelados de ou para aeroportos norte-americanos no primeiro dia de 2022, prolongando pelo nono dia importantes perturbações aéreas causadas pela progressão da variante Ómicron do novo coronavírus, agravadas por uma tempestade de neve.

21h57 - Europa ultrapassou marca dos 100 milhões de contágios

Atual epicentro da pandemia de Covid-19, a Europa ultrapassou a marca dos 100 milhões de casos identificados desde a descoberta do novo coronavírus em dezembro de 2019, segundo uma contagem da France-Presse (AFP) feita hoje às 18:45 em Lisboa.

21h55 - Para Marcelo, 2022 é o ano de "virar a página"

"Nós podemos fazer muito, e muito mais", disse o Presidente na sua mensagem de ano novo, concluindo que o necessário é "virar a página" e consolidar o caminho para o fim da pandemia, já que "estamos encaminhados, mas falta o fim dos fins."

Marcelo considera ainda que "janeiro a março será o tempo crucial" para, com a ajuda do inverno, solidificar o fim da pandemia, assim como converter "preocupações em esperanças e confianças" - com uma Assembleia da República "renovada", que possa também atender aos "projetos" dos portugueses.

19h36 - Acusado de falhar na testagem de profissionais, INEM garante controlo

Duas organizações representativas dos profissionais de emergência médica e pré-hospitalar acusam o Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM) de falhar na testagem dos trabalhadores à Covid-19, críticas que o organismo refuta.

19h12 - França atinge o 4.º dia consecutivo com mais de 200 mil casos

França contabiliza hoje mais 219.126 contágios, o que se traduz no quarto dia consecutivo em que o país regista valores superiores a 200 mil casos. 

O país junta-se, assim, aos que registam mais de 10 milhões de casos desde o início da pandemia, entre os quais os Estados Unidos da América, o Brasil, a Índia, o Reino Unido, e a Rússia. 

Foram ainda reportadas mais 110 mortes desde ontem, num total de 123.851 vítimas mortais - o 12.º valor mais elevado a nível mundial.

19h05 - Itália contabiliza 141.262 novos casos e 111 mortes

Hoje, Itália regista mais 141.262 novos casos e 111 mortes devido à Covid-19, segundo os dados divulgados pelas autoridades sanitárias italianas.

Há ainda a registar mais 20.432 recuperados (5.107.729) e 120.713 casos ativos (1.021.697).

Desde o início da pandemia, o país soma 6.266.939 infeções e 137.513 óbitos.

18h51 - Açores com mais de 10 mil testes de despiste nos 2 últimos dias de 2021

Mais de 10 mil testes à Covid-19 foram feitos nos Açores nos dois últimos dias de 2021 e cerca de 7.200 despistes realizaram-se nos 12 centros de vacinação ou centros de saúde, revelou hoje o Governo Regional.

18h40 - Novo recorde. Inglaterra regista 162.572 casos

Este sábado, Inglaterra soma mais 162.572 casos e 154 mortes associadas à Covid-19 nas últimas 24 horas, segundo os dados divulgados esta tarde pelo governo britânico.

Em comunicado, o organismo informou que os dados referem-se apenas a Inglaterra, sendo que os valores da Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte serão divulgados depois das festividades.

No total, o país acumula 13.100.458 infeções e 148.778 óbitos desde o início da pandemia.

18h36 - Biden "mais otimista que nunca" sobre o futuro dos EUA

Na mensagem gravada, Joe Biden, que completa um ano de presidência no próximo dia 20 de janeiro, destacou a capacidade de superação dos EUA, o país mais atingido no mundo pela pandemia da doença covid-19, com mais de 800.000 mortes registadas.

"Não importa quão difícil seja o desafio, quão altos sejam os obstáculos, nós sempre superamos. Este vírus tem sido difícil, mas nós temos sido mais resistentes", disse Biden, acompanhado da primeira-dama norte-americana, Jill Biden.

17h25 - Cidadãos não vacinados dos Emirados Árabes Unidos serão proibidos de sair do país

Quem não esteja vacinado contra a Covid-19 nos Emirados Árabes Unidos será, a partir de 10 de janeiro, proibido de sair do país, conforme disseram hoje as autoridades sanitárias locais. Além disso, o organismo apelou a que as pessoas fossem inoculadas com a dose de reforço da vacina contra o SARS-CoV-2.

Esta medida não será aplicada a quem esteja isento da vacina, assim como àqueles que não possam ser vacinados por questões humanitárias ou devido a viagens com fins médicos.

17h12 - Ópera de Viena fechada até 5.ª feira devido à Ómicron

A Ópera de Viena vai estar fechada até esta quinta-feira, dia 6 de janeiro, visto terem sido identificados vários casos da variante Ómicron entre os seus artistas.

O encerramento afeta já as operas programadas para esta tarde.

17h06 - França estende o uso obrigatório de máscaras a crianças com 6 anos

As crianças de 6 anos serão agora obrigadas a usar máscara nos transportes e estabelecimentos públicos em França, avança a agência Efe.

Apenas ficarão de fora os locais onde as crianças pratiquem atividades artísticas ou desportivas,  numa medida que entrará em vigor esta semana.

16h57 - SNS recorda que o agendamento da vacina contra a Covid-19 para crianças entre os 5 e 11 anos está disponível em exclusivo para 6 a 9 de janeiro

16h16 - Sajid Javid diz que é preciso aprender a viver com o vírus

O ministro da Saúde britânico disse hoje que novas restrições devido à pandemia só deverão ocorrer "como último recurso" em Inglaterra, apesar do aumento de casos da variante Ómicron, e afirmou ser preciso aprender a "viver" com o SARS-CoV-2.

15h20 - Portugal diagnosticou, nas últimas 24 horas, 23.290 novos casos de infeção pelo novo coronavírus e 21 mortes atribuídas à Covid-19, indica o primeiro boletim epidemiológico de 2022. Com esta atualização, o país acumula 1.412.936 contágios e 18.976 óbitos desde o início da pandemia.

O país tem agora 196.223 casos ativos da doença, mais 17.511 do que na sexta-feira. Nas últimas 24 horas, foram dadas como recuperadas da Covid-19 mais 5.758 pessoas. Em vigilância estão atualmente 173.314, mais 3.755 do que no dia anterior. 

14h00 - Açores registam novo máximo diário de 392 novos casos

Os Açores registaram uma morte e 392 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas, ultrapassando o máximo diário pelo quinto dia consecutivo, e contabilizando 1.956 infeções ativas e 11 doentes internados, revelou hoje a Autoridade Regional de Saúde.

11h30 - Alemanha com incidência elevada mas com luz ao fundo do túnel

A Alemanha inicia o ano com uma elevada incidência de casos de infeção pelo terceiro dia consecutivo, mas o ministro da Saúde considera que o país já vê a "luz no fim do túnel" no controlo da pandemia.

Segundo os dados oficiais, a incidência cumulativa está hoje nas 220,3 novas infeções pelo coronavírus por 100 mil habitantes a sete dias, valor mais elevado do que as 214,9 de sexta-feira, mas inferior às 452,4 de 29 de novembro, o máximo registado desde o início da pandemia. Nas últimas 24 horas, foram registadas 26.392 novas infeções e 184 mortes

Notícias ao Minuto Morreram mais 184 pessoas nas últimas 24 horas vítimas da Covid-19 na Alemanha© Getty Images  

11h20 - Brasil registou em 2021 o dobro das mortes e contágios de 2020

O Brasil, um dos países mais afetados pela covid-19, sai de 2021 com mais de 619.000 mortes e cerca de 22,3 milhões de casos desde o início da pandemia, divulgou ontem o Conselho Nacional das Secretarias de Saúde (CONASS).

10h25 - Mais de 400 mil testes num dia

Portugal atingiu, na passada quinta-feira, dia 30 de dezembro, um novo máximo de testagem diária com 402.756 testes realizados (taxa de positividade de 9,2%), dos quais 307.698 (76%) foram testes rápidos de antigénio (TRAg) de uso profissional, informou hoje a task force da testagem.  Desde o início da pandemia, já foram efetuados em Portugal cerca de 26,5 milhões testes de diagnóstico à Covid-19 Estes números não incluem autotestes.

8h45 - N.º de grávidas infetadas e sem vacina está a aumentar nas maternidades

O diretor do Serviço de Ginecologia do Centro Hospitalar Universitário de Lisboa Norte (CHULN) alertou hoje para o aumento do número de mulheres grávidas infetadas com Covid-19 sem vacinação e para o impacto nos serviços, apelando à vacinação. Em declarações à agência Lusa, Alexandre Valentim Lourenço adiantou que atualmente todas as "principais maternidades de Lisboa têm tido mais grávidas Covid" e que o número supera o registado em maio, junho ou mesmo no ano passado.

8h40 - Navio em Lisboa com mais de 4 mil pessoas e 52 casos positivos 

Um navio cruzeiro, de bandeira italiana, com mais de 4 mil pessoas a bordo está atracado no porto de Lisboa há dois dias, depois de 52 pessoas terem testado positivo à covid-19, confirmou o capitão do Porto de Lisboa.

8h35 - A China detetou 231 casos de covid-19 nas últimas 24 horas, 175 dos quais por contágio local, anunciaram hoje as autoridades de saúde do país.

8h30 - Bolsonaro rejeita restrições para quem não se quer vacinar

O Presidente do Brasil rejeitou na sexta-feira "qualquer restrição" que possa afetar quem recusa a vacina contra a doença covid-19, apesar do país ser um dos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus.

8h20 - Bom dia e Bom Ano Novo! 2022 é o ano da esperança do fim da pandemia da Covid-19. Iniciamos aqui o novo acompanhamento AO MINUTO no desenrolar das incidências relacionadas com a Covid-19, numa altura em que muitos países registam valores de infeções diárias nunca antes alcançados, facto que acontece devido à disseminação da variante Ómicron, mais transmissível do que as anteriores. Portugal ultrapassou ontem, último dia de 2021, pela primeira vez, os 30 mil novos casos em 24 horas. 

Leia Também: AO MINUTO: Portugal está a "passar à endemia"; Reforços são 88% eficazes

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório