Meteorologia

  • 27 MAIO 2022
Tempo
32º
MIN 15º MÁX 34º

Reino Unido aplica novas sanções a Myanmar em conjunto com EUA e Canadá

O Reino Unido anunciou hoje novas sanções, em conjunto com os Estados Unidos e Canadá, contra a junta militar no poder em Myanmar devido à repressão contra a população e a violações dos direitos humanos.

Reino Unido aplica novas sanções a Myanmar em conjunto com EUA e Canadá
Notícias ao Minuto

17:02 - 10/12/21 por Lusa

Mundo Myanmar

O novo pacote de sanções inclui proibição de viagens e congelamento de bens a organismos oficiais para limitar o acesso a armas, equipamentos e financiamento, indicou o Ministério dos Negócios Estrangeiros britânico.

Desde o golpe de Estado que depôs Aung San Suu Kyi em fevereiro, o exército reprimiu violentamente as manifestações contra o regime, em ações que levaram à detenção de cerca de dez mil pessoas e à morte de pelo menos 1.300 civis, de acordo com a organização não-governamental Associação de Assistência aos Presos Políticos.

O Governo britânico também anunciou sanções contra Furqan Bangalzai, ex-comandante da organização terrorista Lashkar-e-Jhangvi, que ajudou a organizar o ataque bombista ao santuário Lal Shahbaz Qalandar no Paquistão em 2017, no qual morreram 70 muçulmanos sufis.

Bangalzai fica assim impedido de viajar para o Reino Unido, transferir dinheiro através de bancos britânicos ou ter interesses económicos no país. 

O anúncio coincide com o Dia Mundial dos Direitos Humanos e pretende demonstrar que o Reino Unido está disposto a trabalhar com "democracias e parceiros, como uma rede de liberdade, para pedir contas àqueles que negam essas liberdades fundamentais", afirmou o secretário de Estado para a Ásia, Tariq Ahmad.

Leia Também: Militares birmaneses dizem que massacre de Done Taw é "notícia falsa"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório