Meteorologia

  • 20 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 5º MÁX 15º

Edição

Pequim pede ao novo Governo alemão que construa pontes e não muros

A embaixada da China em Berlim pediu ao novo Governo alemão para "construir pontes e não muros", após declarações da futura ministra dos Negócios Estrangeiros a defender uma diplomacia mais firme em relação a regimes autoritários como a China.

Pequim pede ao novo Governo alemão que construa pontes e não muros

Num comunicado divulgado hoje no 'site' da embaixada, uma porta-voz observou que "alguns preferem acentuar mais as diferenças e as divergências nas relações sino-europeias e sino-alemãs".

"Com o novo Governo federal alemão, estamos prontos a ir ao encontro uns dos outros, a desenvolver interesses comuns, com base no respeito mútuo, igualdade e vantagens recíprocas", refere a porta-voz, acrescentando esperar que os responsáveis políticos alemães "considerem a China e as relações bilaterais de forma objetiva e global".

"O que precisamos é de construtores de pontes e não de muros", acrescenta o texto, que se apresenta como uma resposta a declarações de Annalena Baerbock.

Numa entrevista que deu esta semana ao jornal TAZ, a futura chefe da diplomacia tinha afirmado, sobre a China, que "uma política externa baseada em valores é sempre uma ação conjugada entre diálogo e firmeza".

"A longo prazo, um silêncio eloquente não é uma forma de diplomacia, mesmo que alguns o tenham visto dessa forma nos últimos anos", referiu a dirigente ecologista, chegando a mencionar a eventualidade de um boicote diplomático aos Jogos Olímpicos de Inverno que se realizam em Pequim, em fevereiro de 2022.

No acordo para a coligação governamental alemã, que deve assumir funções na próxima quarta-feira, social-democratas, Verdes e liberais referem a situação na província de Xinjiang, onde organizações de defesa dos direitos humanos acusam Pequim de manter mais de um milhão de muçulmanos uigures em campos de reeducação política.

Annalena Baerbock defende, se for necessário, reduções nas importações pelos países europeus.

Leia Também: Sucessor de Merkel sublinha dever de exemplo na transição climática

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório