Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2022
Tempo
10º
MIN 5º MÁX 14º

Edição

Itália aprova vacina da Pfizer para crianças entre os 5 e os 11 anos

A Agência Italiana do Medicamento aprovou hoje a vacina 'Comirnaty (Pfizer) contra a covid-19 para crianças dos 5 aos 11 anos, seguindo a autorização dada em outubro pela Agência Europeia do Medicamento (EMA, na sigla em inglês).

Itália aprova vacina da Pfizer para crianças entre os 5 e os 11 anos

A administração será feita com uma dose de um terço da aplicada em adultos e adolescentes e com uma fórmula específica, segundo um comunicado divulgado após uma reunião da comissão técnico-científica da Agência Italiana do Medicamento (AIFA, na sigla em italiano).

A vacinação será feita com duas doses, com um intervalo de três semanas.

A AIFA assegura que os dados disponíveis "demonstram um elevado nível de eficácia e não se evidenciam até ao momento sinais de alerta em termos de segurança".

Recordando que os contágios com o vírus Sars-CoV-2 são "mais benignos nas crianças, salienta que alguns casos podem associar-se a consequências graves" como o desenvolvimento do síndroma inflamatório multissistémico que pode conduzir a cuidados intensivos.

A AIFA recorda que um dos benefícios da vacinação é a possibilidade das crianças irem à escola e terem uma vida social, aspetos "particularmente importantes para o desenvolvimento psíquico e da personalidade nesta escalão etário".

A EMA deu o seu apoio no passado dia 25 de novembro à extensão da atual licença europeia das farmacêuticas Pfizer e BioNTech para o uso da 'Comirnaty' contra a covid-19 em crianças com idades compreendidas entre os 5 e os 11 anos.

Leia Também: AO MINUTO: OMS teme perda de eficácia; Liga estabelece novas medidas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;
Campo obrigatório