Meteorologia

  • 01 DEZEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 6º MÁX 18º

Edição

Três homens acusados do homicídio de um jogger de raça negra

Três homens de etnia branca foram considerados culpados por matar um jogger negro no ano passado.

Ahmaud Arbery, tinha 25 anos, e foi baleado no dia 23 de fevereiro de 2020, por Travis e Gregory McMichael (pai e filho) e o vizinho de ambos William Bryan.

Os réus disseram em tribunal que agiram em legítima defesa, porém os procuradores que acusavam os três homens alegaram que a raça era um fator discriminatório neste homicídio.

Os suspeitos foram condenados, esta quarta-feira, na Georgia e enfrentam agora penas mínimas de prisão perpétua.

O júri de maioria branca, composto por 12 pessoas, deliberou cerca de 10 horas antes de dar o seu veredicto.

Notícias ao Minuto O juiz do Supremo Tribunal, Timothy Walmsley recebe o veredicto do júri durante o julgamento © Getty  

Os três homens foram considerados culpados de homicídio, agressão agravada, falso aprisionamento e intenção criminosa de cometer um crime.

Em fevereiro deste ano, os agora condenados vão voltar a tribunal para outro julgamento por de crimes de ódio, porque existem suspeitas de que o crime foi intencionalmente cometido contra Ahmaud Arbery por este ser negro.

Do lado de fora do tribunal, esta quarta-feira, dezenas de pessoas, algumas exibindo cartazes do movimento Black Lives Matter, aplaudiram enquanto os veredictos eram lidos, tal como pode ver na galeria acima.

Leia Também: Kyle Rittenhouse insiste que o seu caso "nada tem que ver com raças"

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório