Meteorologia

  • 07 DEZEMBRO 2021
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 17º

Edição

Sem atingir as metas, São Paulo deixa de exigir uso de máscara na rua

A média móvel diária de mortes naquele estado brasileiro está a aumentar, mas o governo decidiu aliviar medidas a partir de 11 de dezembro.

Sem atingir as metas, São Paulo deixa de exigir uso de máscara na rua

O uso de máscara na rua vai deixar de ser obrigatório no estado brasileiro de São Paulo a partir do dia 11 de dezembro, apesar de ainda não ter sido atingida a meta estipulada de redução de indicadores da pandemia.

A decisão foi anunciada pelo governo de São Paulo, mas as autarquias têm autonomia para decidir ou não estender a obrigatoriedade por mais tempo.

O uso de máscara continuará a ser obrigatório em espaços fechados e nos transportes públicos, incluindo dentro das estações ou paragens de autocarros.

A média móvel diária de mortes registada em São Paulo foi de 61 esta quarta-feira. O valor é 34% maior do que o registado há 14 dias, o que indica uma tendência crescente da pandemia.

Já a média diária de casos é de 1.289, valor 10% maior do que o de há 14 dias, o que aponta para uma tendência de estabilidade.

O Rio de Janeiro foi o primeiro estado no Brasil a autorizar os municípios a acabar com a obrigação de uso de máscaras na rua, à exceção de locais onde há aglomerações. A medida entrou em vigor no dia 28 de outubro.

Leia Também: Brasil soma quase 13 mil novos casos e 273 mortes nas últimas 24 horas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;
Campo obrigatório